Image

Novo Nissan Versa chega a partir de R$ 72.990 para peitar Yaris e Virtus

28

out
2020

O Nissan Versa nunca figurou entre os sedãs compactos mais vendidos do mercado brasileiro muito em função do visual controverso que ofuscava as suas qualidades. Para equilibrar a disputa diante da concorrência, a nova geração aposta no visual mais atraente e no bom nível de equipamentos para satisfazer tanto o lado emocional quanto o racional do consumidor.

O sedã passa a ser importado do México em quatro versões, que desembarcam nas concessionárias em novembro custando entre R$ 72.990 e R$ 92.990. Segundo a Nissan, os principais concorrentes do novo Nissan Versa são o Toyota Yaris Sedan e o Volkswagen Virtus, mas a marca também cita o Honda City entre os rivais.

A Nissan ainda não diz quantas unidades do novo Versa pretende vender mensalmente, mas assume que quer brigar pela liderança do segmento. A marca explica que pretende vender o lote de 7 mil carros importados do México até março do ano que vem, com 70% das vendas concentradas nas versões Advance e Exclusive.

Mesmo com a chegada da nova geração, o modelo antigo continua sendo fabricado em Resende (RJ). Agora chamado de V-Drive, ele é posicionado como uma opção mais barata para atender, principalmente, motoristas de aplicativos e taxistas. Os preços vão de R$ 58.990 a R$ 79.490, dependendo da versão.

Se antes a maioria dos SUVs era baseada em hatches e sedãs, no caso do novo Versa ocorre o contrário. A novidade foi desenvolvida a partir da plataforma do Kicks, com o qual também compartilha motor, transmissão, entre outros componentes.

Comparando com a geração antiga, a nova carroceria ficou irrelevantes 3 milímetros mais comprida (totalizando 4,49 metros), mas ganhou consideráveis 4,5 centímetros na largura (1,74 m) e 2 cm na distância entre-eixos (2,62 m). A altura, porém, foi reduzida em 4,1 cm (1,46 m). O porta-malas também foi beneficiado com o ganho de 22 litros, passando a comportar 482 litros de bagagem (50 litros a mais que o Kicks).

Diferentemente do Volkswagen Virtus, que oferece uma motorização turbo, o novo Versa é equipado somente com o conhecido 1.6 16V flex aspirado em todas as versões. O propulsor entrega 114 cv de potência e 15,1 kgfm de torque, sempre combinado ao câmbio automático CVT. Somente a configuração de entrada Sense tem a opção da caixa manual de cinco marchas.

Confira abaixo os preços e principais equipamentos de série do novo Nissan Versa:

Versa Sense 1.6 manual (R$ 72.990): airbags frontais, laterais e de cortina; freios com ABS; assistente de partida em rampa; controles de estabilidade e tração; Isofix; alerta de afivelamento dos cintos de segurança; sensor de estacionamento traseiro; direção elétrica; ar-condicionado; vidros, travas e retrovisores elétricos; chave presencial; volante multifuncional; sistema de áudio AM/FM com 3 entradas USB e uma auxiliar; rodas de aço de 15 polegadas com calotas.

Versa Sense 1.6 CVT (R$ 77.990): adiciona câmbio automático, controle de cruzeiro e apoio de braço entre os bancos dianteiros.

Versa Advance 1.6 CVT (R$ 83.490): itens da Sense CVT, mais faróis com acendimento automático; faróis de neblina; banco traseiro bipartido (60/40); repetidores de seta nos retrovisores; painel de instrumentos com tela TFT de 7 polegadas e 12 funções; central multimídia com tela tátil de 7”, Bluetooth e compatibilidade com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay; câmera de ré; alerta de esquecimento de objetos no banco traseiro e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Versa Exclusive 1.6 CVT (R$ 92.990): acréscimo de bancos e volante revestidos de couro; ar-condicionado automático digital; apoio de braço no banco traseiro; faróis e luzes de rodagem diurna em LED; espelhos retrovisores com aquecimento; antena estilo barbatana de tubarão; rodas de liga leve de 17 polegadas; câmera com visão em 360º e detector de objetos em movimento; alerta de tráfego cruzado; sensor de ponto cego; alerta de colisão frontal com frenagem autônoma e GPS integrado à multimídia.

Todas as versões têm três anos de garantia sem limite de quilometragem. Além disso, a versão Exclusive chega em uma promoção de pré-venda com as três primeiras revisões gratuitas, além de financiamento online com a primeira parcela para 120 dias e tag do Sem Parar com 15 mensalidades inclusas.

Praticamente um Kicks sedã

Visualmente, o novo Versa se alinha à atual identidade da Nissan. Se os faróis estreitos e a grade em formato de “V” remetem ao Kicks, o teto rebaixado forma uma silhueta de cupê e ainda cria um efeito de encurtamento da traseira, que agora conta com lanternas horizontais. No geral, o desenho está bem mais harmonioso que o do antecessor, chegando a parecer uma versão reduzida do sedã médio Sentra.

O interior também evoluiu consideravelmente. A antiga cabine com elementos arredondados deu lugar a um ambiente mais agradável tanto aos olhos quanto ao toque dos materiais de boa qualidade utilizados no acabamento. No caso da versão topo de linha Exclusive, a faixa de couro que atravessa todo o painel reforça esse ar sofisticado (a peça pode ser bege ou preta, dependendo da combinação escolhida pelo cliente).

O painel de instrumentos com tela digital de 7 polegadas, o volante e a alavanca de câmbio, por exemplo, são idênticos aos do Kicks.

Interior da versão topo de linha Exclusive tem duas opções de acabamento bicolor

E essa semelhança ajuda quem está familiarizado com o SUV a se acostumar rapidamente com o Versa, embora o posto do motorista seja mais baixo (como deve ser em um sedã). As regulagens de altura e profundidade do volante têm boa amplitude e facilitam a tarefa do motorista na hora de encontrar a posição ideal de dirigir após se acomodar no confortável banco com efeito de gravidade zero.

No banco traseiro, os passageiros viajam com boa dose de conforto, uma vez que o vão para as pernas está ligeiramente maior graças aos 2 centímetros extras na distância entre-eixos. O espaço lateral também foi melhorado com o acréscimo de quase 5 centímetros na largura da carroceria. Já o teto rebaixado, por razões aerodinâmicas e de estilo, não compromete a área da cabeça devido à forração desenhada para otimizar o espaço. Os ocupantes ainda contam com duas portas USB para recarregar seus celulares.

Porta-malas acomoda 482 litros de bagagem

A central multimídia, com tela tátil de 7 polegadas, conta com mais uma USB abaixo dos comandos do ar-condicionado digital. Na versão Exclusive, o equipamento é dotado de GPS integrado, que pode ser usado caso a navegação por aplicativos de celulares fique comprometida pela falta de sinal 4G.

Apesar de o nosso contato inicial com o novo Versa ter sido em uma pista fechada no interior de São Paulo, foi possível perceber o quanto o sedã evoluiu em termos de construtivos e de segurança.

As suspensões mantiveram os sistemas McPherson na dianteira e de eixo de torção na traseira, mas foram totalmente atualizadas com novas peças reforçadas e calibração mais firme. O resultado é um carro mais afiado dinamicamente que o antecessor, porém, sem prejudicar o conforto dos ocupantes.

No circuito preparado pela Nissan, o Versa se mostrou bastante estável em curvas rápidas e mudanças bruscas de trajetória para desviar de cones. A boa aderência dos pneus Continental (medidas 205/50 R17), que calçam as rodas de 17 polegadas, também contribuem para o bom comportamento do conjunto.

Só faltou o turbo

Confortável e bom de guiar, o Versa bem que merecia um motor mais disposto para empurrar os seus 1.137 kg. Os 114 cv de potência e 15,1 kgfm de torque do propulsor 1.6 flex aspirado são suficientes para o uso cotidiano, mas fica devendo força em acelerações mais fortes e retomadas se comparado ao motor turbinado do Virtus. Nem mesmo o modo esportivo e a simulação de seis marchas a partir de 3.000 rpm são suficientes para amenizar o desempenho “anestesiado”.

Segundo a Nissan, o novo Versa acelera de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos e atinge a velocidade máxima de 180 km/h.

As medições de consumo informadas pelo Inmetro são de 11,7 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada com gasolina. Abastecido com etanol, o sedã automático faz 8 km/l em ciclo urbano e 10 km/l em percurso rodoviário.

Alertas sonoros e luminosos avisam o motorista ao detectarem veículo no ponto cego

Em compensação, o Versa Exclusive traz um bom pacote de equipamentos de segurança, com direito a sensor de ponto cego e frenagem autônoma de emergência. Os airbags frontais, laterais e de cortina, combinados com os controles de estabilidade e tração, são de série em todas as versões.

Em sua configuração mais completa, o Versa ainda traz retrovisores com aquecimento para evaporar gotas de chuva, câmera com visão em 360º e detecção de objetos em movimento, alertas de colisão e tráfego cruzado e aviso contra o esquecimento de crianças e objetos no banco traseiro.

O Nissan Versa está mais atraente e competitivo em sua nova geração. Os seis airbags de série em todas as versões já servem de argumento para considerá-lo como opção de compra. Sem contar o acabamento interno superior ao dos rivais e as assistências de condução da variante topo de linha. Já o motor 1.6 aspirado destoa um pouco dessa evolução toda, mas ele dá conta do recado para quem não faz tanta questão da eficiência e do desempenho mais empolgante de um propulsor turbinado.

Teste-drive a convite da Nissan
Fotos: Divulgação

FICHA TÉCNICA
 
CarroceriaMonobloco em aço, quatro portas, cinco lugares
MotorDianteiro, transversal, injeção multiponto, duplo comando de válvulas com variação na admissão acionado por corrente, a gasolina/etanol
Número de cilindros4
Número de válvulas16 (quatro por cilindro)
Taxa de compressão10,7:1
Cilindrada1.598 cm³
Potência 114 cv a 5.600 rpm
Torque15,1 kgfm a 4.000 rpm
TransmissãoAutomática CVT
TraçãoDianteira
DireçãoElétrica
Suspensão dianteiraIndependente McPherson
Suspensão traseiraEixo de torção
Pneus e rodas205/50 R16, liga leve 17"
Freios dianteirosDiscos ventilados com ABS e EBD
Freios traseirosTambores com ABS e EBD
Tanque de combustível 41 litros
Volume do porta-malas482 litros
Altura1,47 m
Comprimento4,49 m
Largura1,74 m (sem espelhos)
Entre-eixos 2,62 m
Peso em ordem de marcha1.137 kg
Aceleração 0 a 100 km/h (dado de fábrica)10,7 segundos
Velocidade máxima (dado de fábrica)180 km/h

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.