Image

SSC Tuatara: hiperesportivo com motor flex é o novo carro de produção mais rápido do mundo

19

out
2020

A Shelby Supercars (SSC) – que não tem qualquer relação com o lendário automobilista Carroll Shelby – estabeleceu com o hiperesportivo Tuatara o recorde de carro de produção mais rápido do mundo.

O supercarro, que pode custar até US$ 2 milhões com opcionais (cerca de R$ 11,2 milhões na cotação atual) registrou a marca 508,7 km/h após realizar duas passagens em um trecho da rodovia State Route 160 no estado de Nevada, nos Estados Unidos.

Embora o piloto britânico Oliver Webb tenha levado o Tuatara a impressionantes 532,8 km/h em uma das passagens, a marca foi estabelecida pela média das velocidades máximas aferidas nos dois sentidos da pista – para atenuar a influência dos ventos laterais e traseiros.

Ainda assim, o supercarro da SSC desbancou dois rivais de peso. O Koenigsegg Agera RS havia registrado 447,2 km/h na mesma estrada, enquanto o Bugatti Chiron atingiu 490,48 km/h em uma única passagem na pista de testes da Volkswagen em Ehra-Lessen, na Alemanha.

Além da aerodinâmica favorecida pelo coeficiente de arrasto de apenas 0.279 cx, o SSC Tuatara pesa somente 1.247 kg graças à carroceria de fibra de carbono, empurrada por um motor flex V8 5.9 biturbo com virabrequim plano. O propulsor entrega 1.774 cv de potência e 185,4 kgfm de torque, quando abastecido com E85 (85% etanol e 15% gasolina).

A transmissão automatizada de sete marchas gerencia a cavalaria da usina de força às rodas traseiras.

Não é a primeira vez que a SSC estabelece um recorde de velocidade. Em 2007, a empresa desbancou o Bugatti Veyron ao registrar a marca de 412,28 km/h com o Ultimate Aero, o antecessor do Tuatara.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.