Image

Volkswagen ID.4: SUV elétrico que roda até 520 km pode ser lançado no Brasil

24

set
2020

A Volkswagen apresentou o ID.4, seu segundo modelo da nova linha de veículos elétricos. Com a projeção de ser um dos carros mais vendidos da marca, o SUV estreará ainda em 2020 na Europa e nos Estados Unidos – custando a partir de US$ 32.495 (cerca de R$ 173.600 na cotação atual), já considerando os subsídios do governo norte-americano.

Desenvolvido a partir da nova plataforma modular MEB para veículos eletrificados do Grupo Volkswagen, o ID.4 mede 4,58 metros de comprimento (porte parecido com o de um Jeep Compass, por exemplo). O porta-malas acomoda 543 litros de bagagem.

O SUV é movido por um motor elétrico traseiro de 150 kW de potência (cerca de 204 cv) e 31,6 kgfm de torque, que proporciona uma aceleração de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos e velocidade máxima de 160 km/h.

O propulsor é alimentado por uma bateria de 82 kWh instalada sob o assoalho. Com autonomia de até 520 quilômetros (padrão EPA), o componente pode ser recarregado em 38 minutos em uma estação de abastecimento rápido de 152 kW para fornecer entre 5% e 80% da carga. Já o carregador de bordo de 11 kW fornece 85 km de autonomia em uma hora.

O moderno interior do ID.4 tem desenho limpo, mas funcional. A tela de 5,3 polegadas do painel de instrumentos integra informações e recursos com a central multimídia de 10,2” (uma tela de 12” será oferecida como opcional).

Dependendo da versão, o SUV elétrico poderá ser equipado com bancos com aquecimento, faróis full LED com ajuste automático do facho alto e assistências de condução, como alerta de colisão, sensor de ponto cego, assistentes de permanência em faixa e de estacionamento e controle de cruzeiro adaptativo.

O ID.4 é fabricado inicialmente na Alemanha, mas a Volkswagen pretende produzi-lo também nos Estados Unidos em 2022. A ideia da marca é oferecer aos norte-americanos uma versão mais barata com preço na casa dos US$ 35 mil (R$ 187 mil) sem contar os descontos dos incentivos governamentais.

Por se tratar de um projeto global, o SUV elétrico também será comercializado na China e tem chances de ser vendido no Brasil nos próximos anos.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.