Image

Volkswagen Jetta com motor 1.6 é mais barato (e equipado) que o Virtus no México

22

set
2020

Se aqui no Brasil o Volkswagen Jetta é comercializado apenas com motorizações turbo, no México o sedã médio ganhou uma inusitada versão de produção limitada equipada com o motor 1.6 aspirado de 110 cv e o câmbio automático de seis marchas do Virtus.

O Jetta Startline 1.6 automático custa a partir de 305.990 pesos mexicanos, mas pode sair por 289.990 pesos (equivalente a R$ 75 mil e R$ 71 mil, respectivamente) com o desconto concedido aos clientes que optarem pelo financiamento do banco da própria Volkswagen.

A curiosidade é que o Virtus, de categoria inferior e importado do Brasil, equipado com a mesma motorização parte de R$ 309.990 (R$ 76 mil).

Mesmo custando menos, o Jetta Startline tem uma lista de equipamentos de série mais interessante, com seis airbags (o Virtus tem apenas quatro), freios a disco nas quatro rodas, freio de estacionamento elétrico, faróis de LED, entre outros.

Segundo a Volkswagen, o Jetta Startline precisa de 12,7 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e tem consumo médio de gasolina de 15,7 km/l. Menor e mais leve, o Virtus leva 11,6 segundos e faz 18,9 km/l.

Outra vantagem do Virtus é o porta-malas um pouco maior (520 litros ante 510 litros do Jetta), porém, o sedã mexicano tem cabine mais espaçosa e melhor acabada.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.