Image

Perto do lançamento, novo Peugeot 208 já circula pelas ruas brasileiras

28

ago
2020

O novo Peugeot 208 será lançado no Brasil no começo de setembro, quando serão revelados os preços e equipamentos das versões, mas unidades camufladas do hatch têm circulado em algumas cidades do país como forma de divulgação. O carro das fotos foi flagrado nesta sexta-feira (28) próximo a uma concessionária da marca francesa na zona oeste de São Paulo.

Nesta geração, o 208 passa a ser fabricado na Argentina, de onde é importado apenas com a motorização aspirada 1.6 16V flex de 118 cv de potência e 15,5 kgfm de torque, sempre combinada ao câmbio automático de seis velocidades.

A inédita variante elétrica e-208, importada da França, será vendida com um motor movido a baterias de 136 cv e 26,7 kgfm. A autonomia é de 340 quilômetros.

Diferentemente do Brasil, na Argentina o hatch é oferecido também com as motorizações 1.2 de três cilindros a gasolina, nas variantes aspirada (90 cv) e turbinada (130 cv). Por ora, elas ainda não estão previstas para o nosso mercado por questões de custo, uma vez que são trazidas da China e Europa e comprometeriam a competitividade do modelo no atual cenário do real bastante desvalorizado frente ao euro e ao dólar.

A versão topo de linha Griffe (a mesma do carro flagrado, segundo consulta no aplicativo Sinesp Cidadão) chama a atenção pelo bom pacote de equipamentos de série. O hatch conta com bancos revestidos de couro e Alcantara (camurça sintética), teto solar panorâmico, painel de instrumentos digital, carregador de celular por indução, entre outros.

Já a lista de itens de segurança traz alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, sensor de fadiga do motorista, assistente de permanência em faixa com correção ativa da direção, leitor de placas de trânsito e faróis com acendimento e ajuste do facho alto automáticos.

O novo 208 é fabricado a partir da nova plataforma modular CMP, que também pode receber eletrificação. A estrutura permite criar versões 100% elétricas ou híbridas, como já acontece no mercado europeu – e ainda serve de base ao novo Opel Corsa.

Fotos: Guilherme Silva e Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.