Image

Honda Fit indiano ganha retoque no visual e teto solar

13

ago
2020

Enquanto não lança o novo Fit em todos os mercados onde vende o monovolume, a Honda começa a vender na Índia a geração atual (chamada de Jazz) com algumas atualizações ausentes no modelo brasileiro.

O Fit indiano é equipado com um motor 1.2 a gasolina de 90 cv de potência, que foi melhorado para se enquadrar nos novos protocolos de emissões daquele país. Esse propulsor pode ser combinado a uma transmissão automática CVT ou manual de cinco velocidades.

Uma das novidades é a inclusão de paddle shifters atrás do volante para a troca de marchas simuladas no modo manual da caixa automática.

Já a eficiente motorização 1.5 a diesel de 99 cv, com câmbio manual de seis velocidades, deixou de ser oferecida devido à baixa demanda – as variantes CVT a gasolina representam 70% das vendas na Índia.

Como comparação, o Fit nacional é sempre equipado com um motor 1.5 flex de até 116 cv com as mesmas opções de câmbio do modelo indiano, porém, com a possibilidade de trocas manuais apenas nas versões automáticas EX e EXL.

Visualmente, o Fit vendido na Índia recebeu os retoques frontais idênticos aos do modelo brasileiro, como o para-choque dianteiro redesenhado e a grade com um friso cromado sobre a barra horizontal preta. Na traseira, uma barra cromada agora atravessa a tampa do porta-malas. Os faróis principais e de neblina passa a ser de LED, assim como as lanternas traseiras.

Na parte de equipamentos, a grande novidade é a oferta do teto solar elétrico. Além disso, o Fit passa a contar com chave presencial e uma nova central multimídia.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.