Image

Novo Land Rover Defender chega com motor de Evoque a partir de R$ 400.750

10

jul
2020

A Land Rover revelou nesta sexta-feira (10) os preços da nova geração do Defender, apresentada no Salão de Frankfurt (Alemanha) de 2019. A quinta “reencarnação” do modelo mais icônico da marca britânica chega às concessionárias brasileiras na segunda quinzena de junho inicialmente apenas na configuração 110 (cinco portas).

O SUV custa a partir de R$ 400.750, na versão S. A configuração SE começa em R$ 426.750, enquanto a topo de linha HSE parte de R$ 461.150.

Do clássico Defender quadradão restou apenas o nome e a inspiração em elementos visuais. O utilitário esportivo passa a ser construído a partir de uma moderna estrutura monobloco feita com aços de alta resistência e alumínio.

O novo Defender 110 mede 4,76 metros de comprimento, 2 m de largura, 1,97 m de altura e 3,02 m de distância entre-eixos. O porta-malas acomoda generosos 743 litros de bagagem.

A capacidade do bagageiro cai para apenas 160 litros na hora de levar sete ocupantes. A terceira fileira de bancos é vendida como opcional num pacote de R$ 14.300, que acrescenta ar-condicionado digital de três zonas com ionizador.

A única motorização disponível para o mercado brasileiro é a Ingenium P300 2.0 turbo a gasolina de quatro cilindros, que entrega 300 cv de potência e 40,8 kgfm de torque – mesmo propulsor do novo Range Rover Evoque. A transmissão automática de oito marchas envia essa força às quatro rodas por meio do sistema de tração 4×4 com reduzida.

Segundo a Land Rover, o novo Defender acelera de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 191 km/h.

Para honrar a história do seu antepassado no uso off-road, o novo Defender conta com a última geração do sistema Terrain Response, que gerencia os parâmetros da tração 4×4 de acordo com o terreno. O SUV ainda possui  e bloqueio do diferencial traseiro.

Como nos demais modelos da Land Rover, o novo Defender é dotado de uma série de recursos tecnológicos voltados ao uso longe do asfalto. Um deles é o sistema que mostra, na tela da central multimídia, a profundidade de um trecho alagado (o SUV pode atravessar alagamentos de até 90 centímetros).

O SUV ainda é equipado com painel de instrumentos totalmente digital e a multimídia compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.