Image

Chevrolet Equinox reestilizado tem patentes registradas no Brasil

03

abr
2020

O Chevrolet Equinox reestilizado é um dos lançamentos da General Motors previstos para o mercado brasileiro em 2020, mas a estreia do SUV deverá ser adiada para o ano que vem devido aos transtornos e paralisações provocados pela pandemia do coronavírus.

No entanto, a fabricante já registrou patentes de peças da dianteira do Equinox 2021 no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) – embora, em alguns casos, os registros sirvam apenas para resguardar direitos sobre componentes e tecnologias.

Além disso, a produção da fábrica da GM no México dará prioridade à alta demanda dos Estados Unidos, onde o Equinox figura como o sexto modelo mais vendido em 2020 com pouco mais de 73 mil unidades comercializadas no primeiro trimestre.

As mudanças estão concentradas na dianteira do SUV, que ganhou para-choque redesenhado e faróis divididos por extensões da nova grade frontal. Na traseira, o para-choque foi levemente retocado, enquanto as lanternas receberam novo arranjo de luzes de LED.

As rodas de liga leve também foram atualizadas com um desenho que combina acabamento diamantado com raios pintados de preto (no caso da versão Premier).

Por aqui, o Equinox manterá nas versões LT e Premier a motorização a gasolina 1.5 turbo de 172 cv de potência e 28 kgfm de torque, combinada ao câmbio automático de seis marchas (com tração integral na Premier).

O elogiado 2.0 turbo a gasolina de 262 cv e 37 kgfm, conectado à caixa automática de nove velocidades e tração integral, continuará restrito à configuração Premier.

Imagens: Divulgação e INPI

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.