Image

Ford Ranger Storm chega por R$ 150.990 como opção à Raptor vendida na Argentina

31

mar
2020

A invocada Ford Ranger Raptor vendida na Argentina, importada da Tailândia, não pode ser comercializada no Brasil por não atender à nossa arcaica legislação que obriga capacidade de carga mínima de uma tonelada para picapes movidas a diesel – o modelo leva menos peso em razão das suspensões modificadas para favorecer o desempenho no off-road.

A solução encontrada pela marca para atender os usuários mais extremos foi trazer do país vizinho a versão Storm (parte de R$ 150.990), inspirada no conceito homônimo mostrado na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo, em 2018.

Segundo a Ford, o modelo foi baseado nos pedidos de clientes da Ranger que queriam uma picape com maior capacidade no uso fora de estrada, combinada ao motor mais potente da gama, sem a necessidade de desembolsar mais dinheiro pelas versões mais caras.

Como no EcoSport, a Ranger Storm traz elementos visuais exclusivos: grade com o nome da versão, faróis com máscara negra, estribos laterais reforçados, molduras nas caixas de roda, adesivos laterais rodas de liga leve de 17 polegadas pintadas de preto, lanternas escurecidas e santoantônio tubular na caçamba.

O interior da picape, apesar de contar com ar-condicionado digital de duas zonas, central multimídia SYNC 3 de 8 polegadas, painel com tela digital de 4,2” e controle de cruzeiro (itens encontrados na variante topo de linha Limited), tem acabamento mais simples e bancos revestidos de tecido.

O conjunto mecânico é o mesmo das versões XLT e Limited: motor 3.2 turbodiesel de cinco cilindros (200 cv de potência e 47,9 kgfm de torque), câmbio automático de seis velocidades e sistema de tração 4×4 com reduzida e bloqueio eletrônico do diferencial traseiro.

O apelo off-road é reforçado pelos pneus Scorpion All Terrain Plus 265/65 R17, desenvolvidos em parceria com a Pirelli para oferecer maior desempenho e durabilidade dentro da proposta de uso 60% fora de estrada e 40% no asfalto.

Embora tenha a maior capacidade de imersão em trechos alagados da categoria (80 centímetros), a Ranger Storm pode ser equipada com snorkel de fábrica. O acessório de R$ 3.600 será fornecido junto com a capota marítima da caçamba (R$ 2.060) sem custo adicional aos primeiros 60 clientes da picape.

Na parte de segurança, a Ranger Storm é equipada de série com sete airbags, Isofix, freios com ABS, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, controles automático de velocidade em descida, anticapotamento e adaptativo de carga, assistência de frenagem de emergência, câmera de ré e sensores de estacionamento traseiro.

Bom nível de equipamentos contrasta com o acabamento mais simples

A Ranger Storm está disponível nas cores sólidas branco Ártico (R$ 800) e vermelho Bari (sem custo adicional), além da metálica prata Geada e das perolizadas azul Belize, cinza Moscou, preto Gales e vermelho Toscana (R$ 1.750 cada).

A Ford ainda oferece seguro com alíquota de 3,1% do valor do veículo (cerca de R$ 4.680) e as três primeiras revisões (a cada 12 meses ou 10 mil km) com preço fechado em R$ 2.747.

Veja abaixo os preços de todas as versões da Ford Ranger:

XL cabine simples 2.2 turbodiesel (160 cv) manual 4×4 – R$ 130.590
XL cabine dupla 2.2 turbodiesel (160 cv) manual 4×4 – R$ 137.790
Storm cabine dupla 3.2 turbodiesel (200 cv) aut. 4×4 – R$ 150.990
XLS cabine dupla 2.2 turbodiesel (160 cv) aut. 4×2 – R$ 154.090
XLS cabine dupla 2.2 turbodiesel (160 cv) aut. 4×4 – R$ 160.890
XLT cabine dupla 3.2 turbodiesel (200 cv) aut. 4×4 – R$ 183.790
Limited cabine dupla 3.2 turbodiesel (200 cv) aut. 4×4 – R$ 199.990

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.