Image

Argentinos tiram da quarentena carros que estavam em loja fechada nos anos 90

27

mar
2020

Em tempos de recomendação de isolamento social para evitar a disseminação do coronavírus, vem da Argentina o relato do resgate de carros zero quilômetro que foram mantidos em quarentena desde que uma concessionária foi fechada em meados da década de 1990.

Segundo o site Argentina Autoblog, o bem-sucedido revendedor Ganza, responsável pela comercialização de veículos das marcas Alfa Romeo, Fiat e Peugeot em Avellaneda, na região metropolitana da capital Buenos Aires, encerrou as atividades subitamente há muitos anos de maneira misteriosa.

A lenda que gira em torno da história diz que os proprietários, pai e filho, morreram com pouca diferença de tempo e não havia mais ninguém para levar o negócio adiante. Fala-se até de um “ataque violento e um fim angustiante”.

Com o fechamento da loja, todos os carros do estoque foram mantidos dentro dos galpões durante quase três décadas.

Depois de muitos anos, o terreno da concessionária foi vendido e o novo proprietário pediu para remover os veículos o mais rápido possível, pois pretende limpar a área para revender os lotes vazios.

Foi aí que entrou em cena uma empresa especializada em pintura automotiva, que se comprometeu a retirar os carros para limpá-los e iniciar um processo de restauração. O futuro dos veículos ainda é incerto por questões de documentação que precisam ser resolvidas.

O herdeiro da propriedade teria dito aos responsáveis pela remoção dos carros que não tem interesse nos veículos. Ao abrir o galpão e ver o que estava lá dentro, disse apenas para “retirar toda essa sujeira daqui”.

Entre os carros que nunca saíram às ruas estão unidades zero quilômetro dos Fiat Uno 70S italiano, Tipo, Duna (vendido no Brasil como Prêmio), Tempra Ouro e Ducato. O estoque ainda tinha modelos Alfa Romeo 133 e 33 Pininfarina, além de Peugeot 405.

Fotos: Reprodução Argentina Autoblog

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.