Image

Primeiro elétrico da Audi, e-tron chega em abril por R$ 460 mil

21

fev
2020

O Audi e-tron, primeiro carro elétrico da história da marca alemã, chegará às concessionárias brasileiras em abril. Importado da Bélgica, o SUV movido a baterias tem preço inicial de R$ 459.990. Apesar do valor, ele ainda custa menos que o Mercedes-Benz EQC.

Segundo a Audi, 14 concessionárias foram estrategicamente escolhidas para receber o modelo, onde haverá funcionários treinados e estrutura para realizar a manutenção. São quatro lojas em São Paulo (Alphaville, Jardins, Lapa e Tatuapé) e uma nas seguintes cidades: Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Londrina (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ).

Além disso, a marca anunciou um investimento de R$ 10 milhões até 2022 para instalar 200 pontos de recarga pelo Brasil, a maioria concentrada na cidade de São Paulo, em locais como estacionamentos de empresas, hotéis, shoppings e postos de combustível.

Os carregadores serão de corrente alternada, de 22 kW, capazes de abastecer as baterias entre três e quatro horas. A estrutura ainda prevê mais 30 pontos de recarga rápida, de 150 kW, onde será possível recarregar totalmente a bateria em 40 minutos.

O e-tron é movido por dois motores elétricos, um em cada eixo. O dianteiro gera cerca de 168 cv, enquanto o traseiro entrega 188 cv. A potência combinada chega a 355 cv e 57,1 kgfm de torque. No modo Boost, que prioriza o desempenho, o conjunto fornece 402 cv e 67,7 kgfm.

O SUV elétrico acelera de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos (ou 5,7 segundos no modo Boost). As baterias de íons de lítio de 95 kWh têm autonomia de 436 quilômetros.

Entre as tecnologias, o e-tron conta com câmeras no lugar dos retrovisores. Por ter dois motores, pode funcionar como um carro 4×4, tracionando as quatro rodas em pisos de baixa aderência.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.