Image

Líder no Brasil, Jeep Renegade sai de linha na Austrália por vender menos que o EcoSport

19

fev
2020

Líder do segmento de SUVs compactos no Brasil, o Jeep Renegade saiu de linha na Austrália cinco anos após seu lançamento por conta das vendas em baixa. Um representante da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) disse ao site Car Advice que a desvalorização do dólar australiano fez o modelo, importado da China, perder a competitividade naquele país.

Com isso, o Renegade vendeu apenas 70 unidades no ano passado, menos da metade dos 163 carros entregues em 2018. Esse volume também ficou bem abaixo dos 481 exemplares do Ford EcoSport e dos 509 Nissan Juke adquiridos pelos australianos em 2019.

O melhor ano do Renegade na Austrália foi 2016, quando registrou 1.051 vendas.

Entretanto, a Jeep considera vender novamente o SUV na Austrália se o cenário econômico voltar a ser “comercialmente viável”.

Sem o Renegade, o modelo de entrada da Jeep no mercado australiano passa a ser o Compass, que custa entre 28.950 e 43.950 dólares australianos (cerca de R$ 82.300 e R$ 125 mil, respectivamente, na cotação atual).

No Brasil, o Renegade ocupa o primeiro lugar do segmento de SUVs com 4.325 emplacamentos registrados somente em janeiro, enquanto o EcoSport é o sétimo colocado com 2.238 unidades. O Jeep terminou 2019 na liderança da categoria com 68.726 emplacamentos ante os 34.205 do modelo da Ford na sétima posição.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.