Image

Honda confirma primeira morte por airbag defeituoso da Takata no Brasil

17

fev
2020

A Honda divulgou na última sexta-feira (14) que tomou conhecimento de um acidente fatal no Rio de Janeiro envolvendo um Civic LXS 2008. Segundo a perícia, houve ruptura anormal do insuflador do airbag da empresa japonesa Takata, provocando ferimentos fatais ao motorista do veículo. É o primeiro caso confirmado no Brasil.

De acordo com a Honda, o veículo não havia passado pelo recall, anunciado em 2015, para a troca dos airbags defeituosos.

A empresa afirmou que “já comunicou as autoridades competentes e seguirá colaborando disponibilizando as informações sobre a ocorrência”.

O recall dos “airbags mortais” da Takata é um dos maiores da história automotiva, uma vez que envolve milhões de veículo em todo o mundo. No caso da Honda, a campanha é realizada desde 2010 junto a clientes para a substituição das bolsas infláveis.

A Honda continua a convocar proprietários de veículos afetados pelos recalls do insuflador de airbags Takata e pede para que levem, com urgência, seus veículos a uma concessionária autorizada para o reparo gratuito.

Os proprietários de carros da marca Honda podem consultar a necessidade de levar o veículo para agendar a troca dos airbags pelo telefone 0800 701 3432 ou pelo site da marca (honda.com.br/recall).

Tags