Image

Novo Honda Fit começa a ser vendido no Japão com versões híbridas e tração integral

14

fev
2020

Após divulgar dados técnicos da nova geração do Fit para a Europa, a Honda revelou os detalhes da versão japonesa, que começou a ser vendida nesta sexta-feira (14) em cinco versões: Basic, Home, Ness, Crosstar e Luxe.

No Japão, o novo Fit será vendido em configurações movidas apenas a gasolina ou híbridas. Ambas podem receber o sistema de tração integral, oferecido como opcional.

A motorização padrão é a 1.3 i-VTEC a gasolina, que entrega 98 cv de potência a 6.000 rpm e 12 kgfm de torque a 5.000 rpm, sempre combinada a uma transmissão automática CVT. O consumo declarado é de 20,4 km/l na variante de tração dianteira.

Já o conjunto híbrido alia o mesmo motor 1.3 a um propulsor elétrico, fornecendo 109 cv e 25,7 kgfm de potência e torque combinados. A média de consumo é de 28,8 km/l (mais eficiente que a versão europeia).

O Fit de quarta geração abandona o estilo repleto de vincos por linhas mais limpas e discretas. Os faróis maiores remetem vagamente ao conjunto óptico da primeira geração, enquanto as lanternas passam a ser horizontais com filamentos de LED e invadindo a tampa do porta-malas.

A cabine manteve o bom espaço para os passageiros, assim como a modularidade do banco traseiro – uma das características mais apreciadas pelos donos de Fit. O painel também ganhou aparência mais sóbria, com menos botões, instrumentos digitais e volante multifuncional com apenas dois raios. Como na segunda geração, o painel volta a ter porta-copos à frente das duas saídas de ar-condicionado das extremidades.

Entre os novos equipamentos, o novo Fit passa a ter carregador de celular por indução, freio de estacionamento elétrico, central multimídia com internet sem fio e o pacote de assistências de condução Honda Sensing, que engloba frenagem autônoma de emergência, detecção de pedestres e ciclistas e alertas de ponto cego e de manutenção em faixa, entre outros dispositivos de segurança.

O preço da versão de entrada Basic começa em 1,557,600 ienes (cerca de R$ 59.500 em conversão simples) com motor 1.3 e tração dianteira. O valor sobe a 1,997,600 ienes (R$ 76.350) na configuração híbrida.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.