Image

Chevrolet anuncia que não participará do Salão do Automóvel deste ano

31

jan
2020

A Chevrolet comunicou que não participará do Salão do Automóvel de São Paulo deste ano, previsto para ser realizado entre os dias 12 e 22 de novembro na capital paulista. De acordo com a General Motors, a decisão faz parte de uma “estratégia de marketing”.

A GM engrossa a lista de ausências no evento. BMW, Mini e Toyota anunciaram recentemente que não participarão do salão. Ausentes na edição de 2018, Jaguar Land Rover e Volvo também ficarão de fora.

O Grupo PSA Peugeot Citroën ainda não se manifestou oficialmente, mas é outro fabricante que dificilmente participará do evento deste ano.

Essa movimentação segue a tendência vista nas últimas edições dos principais salões no exterior, como Frankfurt (Alemanha), Genebra (Suíça), Nova York (EUA) e Paris (França).

Além das novas estratégias, mais focadas em ações específicas para cada produto, o alto custo para participar dos salões tem provocado a debandada das montadoras desse tipo de evento.

Veja abaixo a nota oficial da General Motors:

A Chevrolet não participará do Salão do Automóvel de São Paulo em 2020. A nossa estratégia de vendas e marketing é baseada na experiência do cliente. A Chevrolet quer ser relevante para o cliente em todos os momentos e por meio de todos os canais escolhidos por ele. 

E a jornada de relacionamento do consumidor com a nossa marca vem se mostrando cada vez mais digital. Prova disso é que cerca de 32% das nossas vendas de varejo iniciam-se no ambiente digital. 

Temos 93% da rede de concessionários integrada em uma plataforma única na internet, que conta com o estoque de cada concessionária, de veículos novos e seminovos. Isso tudo gerou mais de R$ 3 bilhões em vendas em 2019. 

Assim, a estratégia é focarmos cada vez menos em formatos analógicos e apostarmos mais em plataformas digitais e customizáveis, sempre tendo o cliente como o centro de tudo o que fazemos.