Image

Mercedes-Benz C63 S AMG recuperado por banco vai a leilão por até 30% abaixo do valor de tabela

10

jan
2020

Comprar carros de luxo em leilões parece mesmo ser um bom negócio para algumas pessoas, tanto que uma Ferrari California F1 bastante avariada em um acidente foi arrematada por mais de R$ 400 mil após ser disputada por vários interessados.

A bola da vez é um Mercedes-Benz C63 S AMG, ano 2015 modelo 2016, que poderá ser adquirido no próximo sábado (11) por até 30% abaixo do valor de tabela. Segundo a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), o sedã esportivo vale cerca de R$ 346 mil.

Considerando a diferença estimada pela leiloeira Sodré Santoro, o carro pode chegar a aproximadamente R$ 242 mil. Até a publicação desta notícia, o Mercedes havia atingido o preço de R$ 217.500 após receber 299 lances de compradores interessados.

“Geralmente, esses carros são provenientes de bancos e financeiras que precisaram reaver o veículo por falta de pagamento dos antigos donos e, por isso, estão em bom estado de conservação. É uma oportunidade única”, explica Carolina Sodré Santoro, leiloeira responsável.

O site da Sodré Santoro informa que o carro pertence ao Banco Mercedes-Benz e deve R$ 14.265,95 de débitos referentes a IPVA, DPVAT e licenciamento de 2020, valores que deverão ser pagos pelo comprador do veículo.

Para a alegria dos puristas, o C63 S AMG não é blindado. Com 32.940 km rodados – quilometragem um tanto alta para um esportivo dessa categoria – o Mercedes aparenta ter sido bem aproveitado pelo seu antigo dono.

Sofisticado, potente e arisco, o C63 S AMG exige experiência do condutor. O motor 4.0 V8 entrega nada menos que 510 cv de potência e 71,4 kgfm de torque, enviado às rodas traseiras por meio do câmbio automatizado de dupla embreagem. Segundo os dados de fábrica, o sedã acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4 segundos e atinge a velocidade máxima de 290 km/h.

Fotos: Divulgação