Image

A poucos dias do lançamento no Brasil, Kia Rio tem equipamentos revelados

08

jan
2020

A poucos dias de seu lançamento no Brasil, o tão prometido Kia Rio teve alguns de seus equipamentos revelados pela marca coreana. O hatch, que ainda não teve os preços divulgados, será vendido a partir deste mês em duas versões: LX e EX.

Os valores devem ficar na faixa entre R$ 70 mil e R$ 80 mil para brigar com as variantes mais equipadas do Volkswagen Polo e dos novos Chevrolet Onix e Hyundai HB20.

Segundo a Kia, a configuração destinada ao mercado brasileiro será importada do México com central multimídia com tela tátil de 7 polegadas e conectividade com smartphones por meio dos sistemas Android Auto e Apple CarPlay.

Além disso, o modelo é equipado de série com ajuste elétrico dos espelhos retrovisores, câmera de ré, volante multifuncional com controles de chamada de telefones celulares e do sistema de som, Bluetooth com reconhecimento de voz, sensor de monitoramento dos pneus, assistente de partida em rampa e controles de estabilidade e tração.

Na versão topo de linha, EX, são acrescentados os bancos de couro, ar-condicionado digital, retrovisores com rebatimento elétrico e setas integradas, controle de cruzeiro e luzes diurnas em LED.

A única motorização disponível será a 1.6 16V flex aspirada, que rende até 130 cv de potência e 16,5 kgfm de torque, combinada ao câmbio automático de seis marchas (mesmo conjunto mecânico do “primo” Hyundai HB20).

Assim como toda a linha de carros de passeio da Kia, o Rio terá cinco anos de garantia ou 100 mil quilômetros (o que ocorrer primeiro).

“Estamos otimistas com a chegada do Kia Rio. Seu design externo, qualidade de acabamento e itens de conectividade vão surpreender o consumidor brasileiro de todas as idades, mas em especial os jovens, por tratar-se de um produto alegre e divertido, que já conquistou os compradores em todo o mundo. Trata-se de um carro produzido para competir no mercado internacional, ou seja, com detalhes de acabamento superiores, enquanto os hatches aqui montados atendem somente a requisitos peculiares do mercado interno nacional”, enfatiza José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil.

Fotos: Divulgação e Guilherme Silva

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.