Image

Porsche que pode passar de R$ 1 milhão vende mais que alguns sedãs médios em novembro

11

dez
2019

Os sedãs médios vêm perdendo espaço para os SUVs nos últimos anos a ponto de as vendas do segmento no mercado brasileiro ficarem concentradas no líder Toyota Corolla (mais de 43% de participação), seguido por Honda Civic, Chevrolet Cruze e Volkswagen Jetta. Nas posições mais baixas do ranking da categoria, poucos modelos passam dos 100 emplacamentos por mês.

Segundo o levantamento de novembro da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), alguns sedãs, que já tiveram dias melhores em nosso mercado, têm vendido menos que modelos de marcas de luxo.

No mês passado, Kia Cerato (96 unidades), Citroën C4 Lounge (46 unidades) e Mitsubishi Lancer (18 unidades) registraram, juntos, menos emplacamentos que o BMW 320i (418 unidades).

Kia Cerato, Citroën C4 Lounge e Mitsubishi Lancer venderam menos de 100 unidades em novembro

Outro modelo de luxo que teve desempenho superior ao da maioria dos sedãs médios em novembro, o Porsche Panamera registrou impressionantes 70 emplacamentos.

Vale lembrar que o Porsche custa a partir de R$ 494 mil, na versão híbrida, mas pode passar facilmente de R$ 1 milhão dependendo da configuração e opcionais escolhidos.

Fotos: Divulgação