Image

Renault Captur ganha série limitada com sistema de som Bose a partir de R$ 95.990

15

out
2019

Conforme mostrado ontem (14) aqui no Carsale, a Renault já comercializa a série limitada Captur Bose. Baseado na versão topo de linha Intense, o modelo tem como diferencial o sistema de som premium da marca que fornece equipamentos de áudio para as principais fabricantes de carros de luxo.

O sistema de som – integrado à central multimídia Media Evolution com tela de 7 polegadas e sistemas Android Auto e Apple CarPlay – conta com um amplificador digital customizado de sete canais com equalização exclusiva, tweeters de 25 milímetros no painel, alto-falantes de 165 mm nas portas dianteiras e de 130 mm nas portas traseiras. No porta-malas há um subwoofer em posição que não interfere no espaço para as bagagens.

A série está disponível com as motorizações 1.6 CVT (R$ 95.990) e 2.0 automática (R$ 96.990), trazendo bancos revestidos de material imitação de couro e o logotipo da Bose estampado nas soleiras de porta e nos emblemas próximos aos espelhos retrovisores.

O Captur Bose também estreia uma combinação de pintura biton exclusiva: carroceria na cor cinza Cassiopée com teto prata. O SUV pode receber também outras combinações: preto Nacré com teto prata, branco Glacier com teto preto e vermelho Fogo com teto preto.

Fora isso, o modelo segue equipado de série com quatro airbags (dois frontais e dois laterais), controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, Isofix, cinto de segurança de três pontos para todos os ocupantes, faróis com acendimento automático, sensor de chuva, luzes diurnas de LED, faróis de neblina com iluminação de curvas, controle de cruzeiro, limitador de velocidade, ar-condicionado automático, chave presencial, volante revestido de couro, computador de bordo, rodas de liga leve aro 17”.

A motorização 1.6 16V flex rende 120 cv de potência e 16,2 kgfm de torque, independentemente da proporção de etanol e/ou gasolina no tanque, e é sempre combinada ao câmbio automático de variação contínua (CVT). Já a 2.0 16V entrega 143 cv e 20,2 kgfm com gasolina ou 148 cv e 20,8 kgfm quando abastecida com etanol. Nesse caso, a transmissão é a arcaica automática de quatro marchas.

Fotos: Divulgação