Image

Cummins apresenta na Fenatran motor a combustão mais limpo do mundo

14

out
2019

A Cummins apresenta na edição deste ano do Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga (Fenatran), em São Paulo, o L9N Near Zero, motor movido a gás natural veicular (GNV) considerado o propulsor a combustão mais limpo do mundo.

Capaz de render de 320 cv de potência 138,2 kgfm de torque, o L9N Near Zero emite 90% menos poluentes (0,02g/bhp-h) que o exigido pelo atual padrão norte-americano da Agência de Proteção Ambiental (EPA), segundo a fabricante.

O motor será aplicado pela primeira vez fora dos Estados Unidos em um ônibus que transportará até 101 passageiros pela capital chilena Santiago.

“Estamos orgulhosos de apresentar nosso novo motor a gás no Chile, que contribuirá significativamente para reduzir gases de efeito estufa, entre outros poluentes. Nos esforçamos para oferecer aos nossos clientes as soluções de energia certas para o trabalho que eles precisam realizar. A solução encontrada no Chile está alinhada à nossa missão de melhorar a vida das pessoas, impulsionando um mundo mais próspero”, disse  Fábio Magrin, gerente geral da Cummins Chile.

A empresa diz que, em comparação com motores a diesel, o uso de GNV reduz em 80% a emissão de partículas, 90% de óxidos de nitrogênio e 70% de gases que contribuem para o efeito estufa.

“Os motores movidos a gás natural são muito limpos e eficientes. O aumento da abundância de gás, uma tecnologia madura que requer investimentos em infraestrutura relativamente simples, faz com que esses motores sejam uma ótima solução para muitos clientes e mercados, inclusive na América Latina”, diz Luís Pasquotto, vice-presidente da Cummins Inc. e Presidente da Cummins Brasil.

Além de limpo, o Cummins L9N Near Zero traz inovações como um novo módulo que fornece monitoramento e controle completos dos sensores do motor e dos sistemas de combustível e ignição, com um processamento mais rápido para suportar os requisitos de diagnóstico on-board pesados (taxa de transmissão de 500K). Também é equipado com telemetria e fornece diagnósticos e durabilidade aprimorados.

O sistema de diagnóstico (OBD) monitora continuamente o motor e o sistema de pós-tratamento, com capacidade para fornecer ao proprietário do veículo ou técnico de reparo acesso eletrônico ao status de vários subsistemas do veículo para fins de diagnóstico. Para oferecer desempenho constante de controle de emissões, o Cummins L9N Near Zero oferece catalisador de três vias, que pode ser montado vertical ou horizontalmente no veículo.

O Cummins L9N Near Zero ainda conta com um novo módulo de controle de ignição (ICM) que oferece melhor desempenho e maior durabilidade da vela de ignição e da bobina, além de autodiagnóstico.

Foto: Divulgação