Image

Chevrolet Onix foi o carro mais roubado em SP entre janeiro e agosto

14

out
2019

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, entre janeiro e agosto deste ano foram furtados ou roubados mais de 14 mil veículos na capital paulista, praticamente metade das quase 30 mil ocorrências registradas em todo o estado.

Analisando esse cenário, a empresa Compara fez um levantamento dos valores de seguro dos dez modelos mais visados pelos criminosos na cidade de São Paulo. O resultado do estudo mostra uma variação nos preços das apólices entre 144% e 309% (veja o infográfico abaixo).

Além disso, é possível notar que os carros preferidos pelos ladrões são modelos mais populares, bastante utilizados por motoristas de aplicativos, por exemplo. O Chevrolet Onix liderou o ranking do período, seguido pelo Hyundai HB20, Volkswagen Voyage, Volkswagen Gol e Fiat Argo.

Segundo Paulo Marchetti, CEO do shopping de seguros e produtos financeiros Compara, alguns modelos são mais visados devido a grande quantidade existente nas ruas.

“Um dos motivos para o encarecimento do seguro de automóveis é quando há dificuldade na reposição de peças, em caso de sinistros ou também quando há procura no mercado ilegal. Além disso, algumas seguradoras têm maior facilidade para trabalhar com os equipamentos de reposição de determinadas montadoras, como por exemplo, as fabricantes japonesas. Sempre haverá um serviço de perfeito para o seu veículo e perfil, por isso a importância de comparar todas as propostas”, explica o executivo.

O que fazer em caso de furto ou roubo de veículo?
Se o seu carro for furtado ou roubado, o primeiro passo é ir à delegacia de polícia mais próxima para realizar um Boletim de Ocorrência. “Como as seguradoras estão sempre atentas a fraudes de seguro, elas exigem documentações que comprovem que o incidente realmente aconteceu”, diz Marchetti.

Em seguida, é necessário acionar a seguradora do veículo o mais rápido possível para que o andamento do sinistro seja feito. A seguradora pedirá documentos que comprovem que o veículo era seu, que o incidente, de fato, aconteceu. Ela terá um prazo legal de 30 dias para encontrar seu carro ou te pagar a indenização.

Lembre-se de jamais reagir em caso de roubo a mão armada, mesmo que o seu carro não tenha seguro.

Foto: Divulgação