Image

Três anos após a Hilux quase capotar, novo Toyota RAV4 é reprovado no teste do alce

13

set
2019

Três anos após a picape Hilux passar vexame no famigerado teste do alce da revista sueca Teknikens Värld, a Toyota tem outro modelo reprovado pela publicação. O novo RAV4 apresentou instabilidade na manobra, que consiste em fazer um rápido desvio de trajetória como se um animal cruzasse a estrada inesperadamente.

Em uma das passagens, o SUV chegou a tirar duas rodas do solo, enquanto no outro teste o controle de estabilidade não conseguiu manter o carro na trajetória.

De acordo com a Teknikens Värld, a maior velocidade aplicada no teste foi de 68 km/h, pouco abaixo do mínimo de 70 km/h estipulado como parâmetro. Para efeito de comparação, o Nissan Qashqai realizou a mesma prova a 84 km/h. Mesmo maior e mais pesado, o Kia Sorento passou pelos cones a 78 km/h.

A Toyota contestou o desempenho do RAV4 no teste do alce. Segundo Erik Gustafsson, relações públicas da marca na Suécia, “testes internos atendem completamente os padrões globais de prevenção a obstáculos. Desde 2016, atualizamos nossos processos para reproduzir os procedimentos usados pela Teknikens Värld”.

A marca japonesa ainda não declarou se fará modificações no SUV. No caso da Hilux, a Toyota promoveu alterações no controle de estabilidade e na calibração dos pneus da picape vendida na Europa.