Image

Superesportivo mais potente da Lamborghini, híbrido Sián vai de 0 a 100 em menos de 3 segundos

11

set
2019

Os veículos eletrificados estão entre os grandes destaques da edição deste ano do Salão de Frankfurt, tanto que a Lamborghini aproveitou o evento para apresentar o Sián, o primeiro carro híbrido de sua história. Todas as 63 unidades do superesportivo estão vendidas pelo preço inicial de US$ 3,6 milhões (cerca de R$ 14,6 milhões na cotação atual), uma vez que esse valor pode subir com o acréscimo de opcionais.

Após mostrar o conceito híbrido Asterion e o elétrico Terzo Millennio nos últimos cinco anos, a marca italiana revela o Sián com um poderoso conjunto motriz de 819 cv de potência combinada. O motor 6.5 V12 a combustão, aprimorado com válvulas de admissão de titânio, entrega 785 cv. Entretanto, um sistema híbrido leve de 48V conectado à transmissão fornece 34 cv extras em determinadas situações.

Até então, o Aventador SVJ de 770 cv era o carro mais potente e rápido já feito pela Lamborghini.

O Sián não possui baterias de íons de lítio como um híbrido convencional. Um supercapacitor é recarregado pela energia cinética gerada pelos freios regenerativos e desacelerações. O modo elétrico permite apenas rodar em baixas velocidades para estacionar ou acionar a marcha à ré. A partir de 130 km/h, o sistema disponibiliza força extra para entregar mais desempenho.

Segundo a Lamborghini, o superesportivo híbrido acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 350 km/h.

Fotos: Newspress