Image

Novo Kia Cerato troca motor de HB20 por 2.0 de 167 cv e chega em outubro a partir de R$ 94.990

11

set
2019

A nova geração do Kia Cerato chegará às concessionárias brasileiras no início de outubro nas versões EX (R$ 94.990) e SX (R$ 104.990) com a dura missão de competir contra os consolidados Chevrolet Cruze, Honda Civic, Toyota Corolla e Volkswagen Jetta.

O novo Cerato será importado do México totalmente renovado, com direito à uma motorização mais condizente para um sedã médio: 2.0 flex aspirada, que entrega 157 cv de potência e 19,2 kgfm de torque com gasolina ou 167 cv e 20,6 kgfm quando abastecida com etanol. O propulsor compartilhado com o Hyundai Elantra substitui o 1.6 flex de até 128 cv e 16,5 kgfm (o mesmo do antigo HB20). A transmissão é sempre automática de seis marchas.

Construído sobre uma nova plataforma, o Cerato mede 4,64 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,44 m de altura e 2,70 m de distância entre-eixos. O porta-malas tem 520 litros de capacidade.

O sedã é equipado de série com central multimídia com tela flutuante sensível ao toque de 8 polegadas, comando de voz, Bluetooth e espelhamento de smartphones por meio dos sistemas Android Auto e Apple CarPlay. A lista conta ainda com seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, monitoramento de pressão dos pneus, Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, freios a disco nas quatro rodas, ar-condicionado com saída para o banco traseiro, luzes diurnas de LED, rodas de liga leve de 16 polegadas com estepe na mesma configuração, bancos revestidos de tecido, entre outros.

Na versão topo de linha EX, o Cerato adiciona ar-condicionado digital de duas zonas, lanternas traseiras de LED, bancos em couro com aquecimento (dianteiros), retrovisor interno eletrocrômico, chave presencial com partida por botão, paddle shifts para trocas de marchas no volante, câmera de ré com gráficos dinâmicos em manobras, retrovisores externos com aquecimento, repetidores de seta em LED e rebatimento elétrico.

A marca ainda destaca que, a exemplo do modelo anterior, mantém a garantia de cinco anos ou 100 mil quilômetros (o que ocorrer primeiro). Para fidelizar o cliente, a Kia oferece um programa de recompra do carro após dois anos por 85% do valor da tabela Fipe.

Fotos: Divulgação