Image

Carismático, primeiro Honda elétrico estreia na Europa mais caro que o Civic Type R

10

set
2019

A Honda apresentou no Salão de Frankfurt o seu primeiro carro elétrico de produção em série. Na Europa, o modelo custará a partir de 35.550 euros (cerca de R$ 160.260 na cotação atual), chegando a 38.500 euros (R$ 173.600) na versão Advance. A marca japonesa diz que já recebeu 40 mil intenções de compra do Honda e.

A variante topo de linha é quase mil euros (R$ 4.500) mais cara que o esportivo Civic Type R, vendido na Alemanha por 37.590 euros (R$ 169.500), equipado com um motor 2.0 turbo a gasolina de 320 cv.

Na versão básica, o motor elétrico entrega 136 cv, enquanto na Advance a potência chega a 154 cv. Em ambos os casos, as baterias de 35.5 kWh possuem 220 quilômetros de autonomia. Um sistema de recarregamento rápido permite abastecer 80% das baterias em apenas 30 minutos.

De visual carismático e minimalista, o Honda e possui um interessante sistema de câmeras laterais que fazem o papel dos espelhos retrovisores, projetando as imagens externas em telas nas extremidades do painel.

A instrumentação, aliás, é dividida em duas telas, uma de 8.8 e outra de 12.3 polegadas. A primeira mostra as informações básicas do carro, enquanto a segunda reproduz o sistema de entretenimento com comandos por voz.

A Honda ainda aproveitou o evento para revelar que pretende vender apenas veículos eletrificados na Europa até 2025. A marca já comercializa no continente o CR-V híbrido, mas confirmou que a nova geração do Fit será lançada na região em 2020 apenas com motorização híbrida.

Fotos: Divulgação, Carscoops, Newspress

Tags