Image

Rival do Compass, Chevrolet Trailblazer chinês é lançado com motor 1.3 turbo de 164 cv e câmbio AT de 9 marchas

06

set
2019

Apresentado na última edição do Salão de Xangai, em abril, o Chevrolet Trailblazer chinês começou a ser vendido de 139.900 a 179.900 iuans (equivalente a R$ 79.230 a R$ 101.900 em conversão simples). Embora seja homônimo do SUV grande derivado da picape S10, o modelo concorrerá em seu país de origem na categoria de utilitários esportivos e crossovers médios, rivalizando com Jeep Compass, Volkswagen Tharu (Tarek na América Latina), entre outros.

Na China, o Trailblazer será vendido em cinco versões, posicionado acima da nova geração do Tracker. Ambos compartilham a nova plataforma GEM de veículos para mercados emergentes, que também serve de base à nova geração do Onix.

A configuração topo de linha é a RS/Redline, de visual mais esportivo. O desenho dianteiro inspirado no Camaro chama a atenção pelos faróis afilados acima da enorme grade frontal com filete cromado e acabamento preto brilhante.

A GM informa que o SUV possui 26 porta-objetos espalhados pela cabine e a capacidade para bagagens é de até 1.375 litros com o banco traseiro rebatido. O volume do porta-malas não foi divulgado.

Entre os equipamentos de série há a versão atualizada da central multimída MyLink, compatível com o sistema Baidu CarLife, além da conectividade com Android Auto e Apple CarPlay. O equipamento ainda conta com Bluetooth e entradas USB e SD.

A motorização é a Ecotec 1.3 turbo, a mesma da versão topo de linha do Tracker (e que também será oferecida no Brasil). Movido a gasolina, o propulsor entrega 164 cv de potência a 5.600 rpm e 24,4 kgfm de torque entre 1.500 e 4.000 rpm.

Quando equipado com tração integral e câmbio automático de nove marchas, o Trailblazer acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos. O consumo médio de combustível informado pela Chevrolet é de 14,9 km/l.

A configuração com transmissão automática CVT e tração dianteira cumpre a prova de aceleração em 9,1 segundos, com média de consumo de excelentes 16,9 km/l.

O Trailblazer será vendido nos Estados Unidos em 2020 com a mesma motorização, porém, a imprensa estrangeira diz que existe a possibilidade de a GM adotar um propulsor de quatro cilindros mais potente para aquele mercado.

Fotos: Divulgação