Image

CAOA-Chery Arrizo 5 elétrico começa a ser vendido em setembro

23

jul
2019

A versão elétrica do sedã médio CAOA-Chery Arrizo 5 será vendida no Brasil no final de setembro, segundo informação confirmada pelo CEO da marca, Marcio Alfonso, ao jornalista Caio Bednarski da Agência AutoData. O preço da novidade ainda não foi revelado.

+ Como anda o CAOA-Chery Arrizo 5, rival de VW Virtus e Toyota Yaris

De acordo com o executivo, as primeiras 20 unidades, de um lote inicial de 130 carros, já chegaram da China. A empresa abastecerá a rede de concessionárias conforme esses veículos forem chegando, explicou Alfonso.

O Arrizo 5e é movido por um motor elétrico que gera o equivalente a 123 cv de potência e 28,1 kgfm de torque, disponíveis instantaneamente.

Como já faz com os SUVs Tiggo 2, Tiggo 5X e Tiggo 7, a CAOA-Chery pretende investir pesado na divulgação do Arrizo 5e para mostrar que está ampliando a gama de produtos com um modelo totalmente movido a eletricidade. Para a empresa, a comercialização de um carro elétrico é uma novidade para todas as marcas e entende que o Arrizo 5e servirá como projeto-piloto para compreender o consumidor desse tipo de veículo e ganhar experiência no segmento.

A CAOA-Chery já mantém, há dois anos, uma parceria com a Universidade de São Paulo para estudar o comportamento do consumidor a respeito de veículos elétricos.

A empresa também estuda parcerias com empresas do setor energético para a expansão de pontos de recarga, uma vez que planeja a produção local nacional de modelos eletrificados.

Para Marcio Alfonso, as parcerias são importantes para encontrarem as melhores soluções aos consumidores. O CEO disse à AutoData que o segmento crescerá lentamente nos próximos anos, mas estará maior até 2025 com a chegada dos primeiros carros elétricos desenvolvidos no Brasil.

O executivo também antecipou que a marca estuda a importação de outros carros movidos a eletricidade: QQ, Tiggo 2 e Tiggo 5X são os mais cotados. “Esses modelos já estão sendo produzidos na China, mas precisamos definir a data e a ordem dos lançamentos no mercado nacional”.

Fotos: Divulgação