Image

Novo Renault Sandero terá 4 airbags e versão Zen 1.0 de R$ 50.690, dizem concessionários

18

jul
2019

Várias imagens do novo Sandero sendo distribuído às concessionárias já circulam nas redes sociais, porém, os preços, detalhes técnicos e lista de equipamentos do hatch ainda são mantidos em segredo pela Renault. No entanto, o Carsale apurou junto a fontes ligadas a lojistas as principais novidades e os valores de algumas versões.

Além das atualizações visuais concentradas na traseira e melhorias de conteúdo, o Sandero sofreu mudanças nos nomes das versões, seguindo o padrão do Kwid: Life, Zen, Intense e a aventureira Stepway. A configuração Expression 1.0  A(R$ 46.440) será substituída pela Zen 1.0, que partirá de R$ 50.690, segundo nossos informantes.

Os concessionários adiantaram também que o hatch ganhou uma nova variante intermediária de apelo aventureiro, chamada Intense (carro azul das fotos). Com visual mais discreto que a Stepway, a versão será oferecida com motorização 1.6. Equipado com o câmbio automático CVT, o modelo já é vendido por R$ 66.190. A exemplo do Stepway, o Sandero Intense conta com suspensões elevadas para reforçar o visual mais robusto e proporcionar maior conforto ao rodar sobre pisos irregulares.

Já a topo de linha Stepway ganhou bancos revestidos de couro bicolor entre as alterações estéticas internas. O preço sugerido para a versão com câmbio automático é de R$ 73.090.

Entretanto, nossas fontes não souberam informar os preços e detalhes de equipamentos de toda a gama. Questionados sobre a versão esportiva R.S., nossos informantes disseram apenas que o hatch manterá o motor 2.0 com câmbio manual de seis marchas, porém, o preço ainda não foi informado à rede de concessionárias.

4 AIRBAGS DE SÉRIE
Seguindo o exemplo do pequenino Kwid, o Sandero passa a ser equipado de série com quatro airbags em todas as versões. Além das bolsas infláveis frontais obrigatórias por lei, o compacto recebe mais duas laterais para o motorista e o passageiro dianteiro. Essa mudança também será aplicada ao sedã Logan.

Fontes ligadas às concessionárias explicaram que a dupla Sandero e Logan recebeu reforços estruturais para melhorar o fraco desempenho nos testes de impacto promovidos pelo Latin NCAP. Atualmente, eles estão classificados com uma estrela para a proteção de adultos e três estrelas para a preservação de crianças. A nota máxima da entidade é de cinco estrelas.

Já as versões equipadas com motor 1.6 contam com controles eletrônicos de estabilidade e tração de série. Quando equipadas com a transmissão CVT, há o acréscimo de assistente de partida em rampa (mantém os freios acionados por alguns segundos até o veículo começar a se movimentar).

VISUAL
Embora a Renault tenha divulgado imagens externas há algumas semanas, faltava saber como ficou o interior do novo Sandero. A principal novidade é o volante parecido com o da nova geração do Clio, lançada recentemente na Europa. O quadro de instrumentos permanece como o atual, com três elementos circulares que abrigam o conta-giros, o velocímetro e o marcador de combustível.

Externamente, o que mais chamam a atenção são as lanternas, que passam a usar iluminação de LED, inclusive na peça que invade a tampa do porta-malas. As versões mais caras ainda terão luzes diurnas de LED nos faróis.

MOTORIZAÇÕES
As versões de entrada mantiveram o motor SCe 1.0 12V de três cilindros, que desenvolve até 82 cv de potência e 10,7 kgfm de torque quando abastecido com etanol, e a transmissão manual de cinco marchas.

No caso das configurações mais caras, o Sandero passa a levar sob o capô o motor SCe 1.6 16V já usado nos SUVs Captur e Duster. O propulsor herdado do Nissan Kicks, rende até 120 cv e 16,2 kgfm com etanol, podendo ser combinado ao câmbio automático de variação contínua (CVT), além do manual de cinco velocidades.

O Renault Sandero será lançado oficialmente na próxima semana. Por enquanto, o modelo 2019 está disponível no site da marca nas configurações Authentique 1.0 (a partir de R$ 45.990), Expression 1.0 (R$ 46.440), Expression 1.6 (R$ 51.340), GT Line 1.0 (R$ 50.390) e GT Line 1.6 (R$ 51.340), além da esportiva R.S. 2.0 (R$ 65.390).

Fotos: Reprodução WhatsApp

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.