Image

Novo Toyota RAV4 híbrido fica até R$ 7 mil mais caro um mês após o lançamento

05

jul
2019

A quinta geração do Toyota RAV4 mal completou um mês de vendas no Brasil e já sofreu o primeiro aumento de preços. A versão de entrada S agora parte de R$ 167.990 (R$ 2 mil mais cara), enquanto a topo de linha SX passa a custar R$ 186.990 (reajuste de R$ 7 mil).

Com visual mais arrojado, o novo RAV4 é fabricado no Japão sobre a plataforma modular TNGA, a mesma estrutura usada no híbrido Prius e nas novas gerações dos sedãs Corolla e Camry. O SUV ganhou alguns centímetros em relação ao antecessor, chegando a 4,60 metros de comprimento e 2,69 m de entre-eixos. A capacidade do porta-malas foi ampliada de 547 litros para 580 litros.

Vendido pela primeira vez no Brasil com propulsão híbrida, o RAV4 volta a utilizar o conhecido motor 2.5 16V de quatro cilindros a gasolina, oferecido anteriormente na quarta geração. O propulsor ganhou um sistema de injeção direta e indireta de combustível para otimizar o consumo, e agora trabalha em conjunto com duas unidades elétricas (uma em cada eixo).

O conjunto motriz, gerenciado por um câmbio automático CVT, fornece 222 cv de potência quando combina os dois tipos de propulsão. A tração é integral sob demanda.

De acordo com a Toyota, as médias de consumo são de 14,3 km/l na cidade e 12,8 km/l na estrada. As baterias dos motores elétricos são recarregadas em desacelerações e frenagens, como no Prius.

A versão S traz de séries itens como faróis de LED, central multimídia com tela de 7 polegadas (sem compatibilidade com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay), câmera de ré, chave presencial, freio de estacionamento elétrico, ar-condicionado de duas zonas com saídas para o banco traseiro, painel de instrumentos digital, bancos dianteiros com ventilação e ajustes elétricos para o motorista, sete airbags, controles de estabilidade e tração, além de assistência de partida em rampa e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

Já a configuração SX adiciona teto solar panorâmico, carregador de smartphones por indução (sem fio), porta-malas com abertura elétrica e borboletas para trocas de marcha no volante. Há ainda um pacote de tecnologias semiautônomas, com frenagem de emergência, sistema pré-colisão, controle de cruzeiro adaptativo, assistente de manutenção em faixa com atuação na direção e faróis altos com ajuste automático do facho alto.

Lançado simultaneamente na Argentina, o RAV4 foi avaliado pelo Latin NCAP. O SUV tirou a nota máxima de cinco estrelas nos testes de impacto, tanto na protção para adultos quanto para crianças.

Fotos: Divulgação