Image

Híbridos mais econômicos custam até 16 Kwids, campeão entre os 1.0 aspirados

27

mai
2019

O que subcompacto Renault Kwid e o sedã híbrido Volvo S90 têm em comum?

“Nada” é uma resposta compreensível — mas o fato é que ambos são campeões de economia de combustível em suas respectivas categorias, de acordo com os dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), sem levar em consideração os modelos elétricos.  

Enquanto o Renault, pequenino, de entrada e com motor 1.0 aspirado, consegue média de 14,9 km/l de gasolina na cidade, o tecnológico Volvo 2.0 turbo e híbrido chega a 21,3 km/l. Note-se, porém, que a principal diferença entre eles é uma grande diferença: com o valor de um S90 (R$ 365.950) é possível levar pra casa cerca de 11 Kwid (que parte de R$ 33.290).

O Carsale resolveu então criar uma moeda fictícia, que (não por coincidência) será chamada de… Kwid, e estabelecer uma taxa de câmbio de K$W 1 = R$ 33.290. (Note que K$W é o símbolo de Kwid, a moeda.)

Em seguida, cotamos os cinco modelos híbridos mais econômicos à venda no Brasil em Kwids, com base no preço em reais. Veja o resultado:

Volvo S90 T8 Inscription
Preço: R$ 365.950 ou K$W 11
Motorização: 2.0 16V turbo híbrido
Consumo na cidade: 21,3 km/l
Consumo na estrada: 25,6 km/l

BMW 530E
Preço: R$ 328.950 ou K$W 9,9
Motorização: 2.0 16V tubo híbrido
Consumo na cidade: 20,9 km/l
Consumo na estrada: 21,9 km/l

Volvo X60 T8 Inscription
Preço: R$ 299.950 ou K$W 9
Motorização: 2.0 16V turbo híbrido
Consumo na cidade: 19,2 km/l
Consumo na estrada: 20 km/l

Toyota Prius 
Preço: R$ 125.450 ou K$W 3,75
Motorização: 1.8 16V híbrido
Consumo na cidade: 18,9 km/l
Consumo na estrada: 17 km/l

Porsche Panamera 4 E-Hybrid
Preço: R$ 529.000 ou K$W 15,9
Motorização: 2.9 V6 turbo híbrido
Consumo na cidade: 17,8 km/l
Consumo na estrada: 25,7 km/l

Conclusão: economizar muita gasolina custa bem mais caro que economizar alguma gasolina.

Imagens: Divulgação