Image

Novo Honda Fit, que chega ao Brasil até 2021, terá motor 1.0 turbo e versão híbrida

13

mai
2019

A quarta geração do Honda Fit será revelada somente em outubro, no Salão de Tóquio, mas a imprensa estrangeira já divulga algumas informações preliminares sobre o modelo, que está prestes a completar 18 anos. O novo Fit estreará no Japão e na Europa em 2020, porém, levará pelo menos mais um ano para ser lançado no Brasil.

CARSALE RECOMENDA:
+ Conheça a Mitsubishi L200, picape casca-grossa
+ Prefere SUV? Tem o Mitsubishi Eclipse Cross
+ Suzuki Vitara: estilo que faz sentido

A principal novidade da nova geração será a interessante motorização híbrida compartilhada com o sedã Insight, vendido nos Estados Unidos: um motor 1.5 de quatro cilindros a gasolina trabalha combinado um propulsor elétrico alimentado por baterias de íons de lítio. O conjunto rende 153 cv, potência que proporcionaria um desempenho mais que satisfatório a um carro do porte do Fit.

O Fit híbrido tem grandes chances de ser vendido no mercado brasileiro, uma vez que a Honda confirmou o lançamento de três modelos com propulsão auxiliar elétrica até 2023.

Outras versões do Fit serão equipadas com motores 1.3 e 1.5 aspirados a gasolina, além de um 1.5 a diesel específico para o mercado europeu. O monovolume estreará ainda um 1.0 turbo a gasolina de três cilindros (que deverá ganhar a tecnologia bicombustível para ser abastecido com etanol no Brasil).

Projeção do designer Kleber Silva dá uma ideia de como será o novo Fit: linhas menos inspiradas no Civic

Obviamente, o Fit manterá a cabine espaçosa como uma de suas principais qualidades. Sistema de rebatimento dos bancos continuará sendo oferecido, além de outros recursos. No Japão, Estados Unidos e Europa, o modelo poderá ser equipado com assistências de condução, como alertas de saída de faixa e controle de cruzeiro adaptativo.

Fotos: Carscoops
Projeções: Kleber Silva

“Carsale Recomenda” é uma ação publicitária independente do conteúdo editorial