Image

Em SP, seu carro será furtado na rua e de manhã, diz estudo

23

abr
2019

A cada cinco minutos um automóvel é roubado ou furtado no Estado de São Paulo, segundo o Boletim Econômico Tracker-FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado) relativo ao ano de 2018 e produzido com base nos registros da Secretaria de Segurança Pública paulista.

Menos arriscado, o furto (quando o carro está vazio ao ser levado) é o preferido dos bandidos, e ocorreu 74.055 vezes no ano passado, segundo o estudo (72,6% das ocorrências). Os roubos (quando o carro é tomado do motorista à força e/ou sob ameaça) foram 27.964 (27,4%).

LEIA MAIS:
+ Boletim Tracker-FECAP de furtos e roubos de veículos em SP (2018)

O estudo mostra que os furtos ocorrem principalmente pela manhã e têm como alvo veículos estacionados em locais próximos ao trabalho, escola ou academia dos motoristas: 29% das ocorrências foram registradas antes das 12h.

Os furtos noturnos no Estado de São Paulo foram 24% do total.

Um dado importante: nada menos que 82,79% dos furtos em SP têm como alvo carros estacionados em vias públicas; menos de 6% são de carros parados em estacionamentos, na área interna de comércios (por exemplo, supermercados) e residências. Ou seja: estacionar o carro em local com algum nível de proteção pode fazer diferença na prevenção a furtos.

Já os roubos em território paulista aconteceram principalmente à noite (44,37% das ocorrências), quando os motoristas estão voltando do trabalho e tendem a estar mais desatentos/distraídos. Cerca de 70% foram em plena rua, e apenas 5,5% na residência do motorista.

Apesar de os números serem alarmantes, houve queda nas ocorrências de 2018 quando comparadas com 2017: os furtos caíram 9,8%, e os roubos, 21%.