Image

Com novo Sentra, Nissan finalmente tem sedãs que parecem uma família

17

abr
2019

Com a apresentação do novo Sentra no Salão de Xangai, nesta quarta-feira (17), a Nissan completou a uniformização de sua família de sedãs, composta globalmente por Versa, Sentra, Altima e Maxima. Os dois últimos, maiores e mais caros, ganharam suas linhas atuais no ano-modelo 2019; Versa e Sentra receberam um banho de estilo no ano-modelo 2020.

O novo Versa foi exibido discretamente pela Nissan na semana passada, durante um evento na Flórida que não fazia parte da agenda tradicional das montadoras. Agora foi a vez do Sentra, denominado Sylphy na China, mostrar suas mudanças visuais.

Seria um exagero dizer que os quatro sedãs agora são confundíveis entre si, separados apenas pelo porte. Mas agora fazem parte de um todo coerente, já que o tema em V das grades frontais é basicamente o mesmo em todos. Também ficou evidente a preocupação de aplicar traços horizontalizados e aguçados nos dois modelos mais baratos — mudança bem-vinda, já que o conjunto óptico do Versa 2019 (o que roda atualmente no Brasil) é exagerado na dianteira (e nas lanternas traseiras segue as linhas desproporcionais do terceiro volume).

O Sentra 2019 é mais harmônico, mas para enfrentar competidores como Honda Civic e Toyota Corolla era preciso evoluir. Com o fim da ponta solta no alto dos faróis (semelhante à do Maxima), acabou ficando mais parecido com os três-volumes de Honda e Acura.

No Brasil, a Nissan jamais importou o Maxima oficialmente, e desistiu do Altima após breve tentativa de posicioná-lo como carro executivo. Sua gama de sedãs começa com Versa e termina com Sentra.

Até a conclusão desta reportagem, o Carsale não conseguiu confirmar com a assessoria da montadora sobre a eventual atualização do Sentra nacional com base no Sylphy chinês. No entanto, fontes do mercado confirmaram que o Versa 2020 será importado do México e vendido no país com um sobrenome chique, para diferenciá-lo do Versa 2019 — que continuará a ser vendido do jeito que é hoje, transformando-se em carro de entrada e opção para frotistas.

Veja nas fotos abaixo quem é quem na renovada gama de sedãs da Nissan:


VERSA 2020

No Brasil, conviverá com o Versa 2019 e deve ganhar um sobrenome
Preço: a definir (o 2019 parte de R$ 51.490)
Dimensões: não divulgadas
Motor: 1.6 aspirado
Rivais: Kia Rio, Hyundai Accent (EUA); Chevrolet Onix Sedan, Volkwagen Virtus (Brasil)


SENTRA 2020

Ainda sem data para chegar ao Brasil; visual pode ter modificações em relação ao Sylphy
Preço: a definir (o 2019 parte de R$ 85.790)
Dimensões: não divulgadas
Motor: 1.6 (China) e 2.0 (EUA)
Rivais: Honda Civic, Toyota Corolla


ALTIMA

Nissan do Brasil desistiu de vendê-lo; é sucesso nos EUA
Preço: US$ 24 mil a US$ 37.750
Dimensões: 4,9 metros (comprimento) e 2,82 (entre-eixos)
Motor: 2.0 turbo e 2.5 aspirado; oferece opção de tração integral (AWD) em todas as versões
Rivais: Honda Accord, Toyota Camry, Chevrolet Malibu


MAXIMA

Nunca foi importado oficialmente ao Brasil pela Nissan
Preço: US$ 34.050 a US$ 42.680
Dimensões: 4,9 m (c) e 2,77 m (ee)
Motor: 3.5 V6 aspirado
Rivais: Toyota Avalon, Chevrolet Impala

Imagens: divulgação Nissan