Image

Porsche Taycan, 100% elétrico, está pronto para ligar na tomada

29

mar
2019

A Porsche começa a soltar mais detalhes sobre o Taycan, seu primeiro modelo totalmente elétrico. A apresentação mundial está prevista para o Salão de Frankfurt, em setembro, com as vendas começando logo em seguida. O carro está prontinho para ser ligado na tomada dos cerca de 20 mil clientes que já o reservaram em esquema de pré-venda, segundo informações da montadora.

Imagens oficiais mostram o Taycan sendo testado em diferentes condições climáticas (passou por Estados Unidos, China, Emirados Árabes Unidos e Finlândia, num total de 30 países) e exibem um quatro-portas com traseira um pouco menos cupê que o Panamera.

O carro terá dois motores elétricos, um em cada eixo — portanto, a tração será integral — e gerando, a depender da versão, entre 540 cv e 640 cv de potência máxima. O torque disponível imediatamente (como em todos os carros elétricos) ajudará a levá-lo aos 100 km/h em cerca de 3,5 segundos, mas a velocidade final será limitada a 250 km/h.

Uma variação com um único motor, atuando apenas nas rodas traseiras, é cogitada caso o Taycan seja bem-sucedido. Vale notar que empregar motor elétrico único, gerando apenas tração traseira, é a fórmula de barateamento que a Tesla encontrou para ampliar a fatia de mercado do Model 3 — e do futuro Model Y.

A autonomia do Taycan com uma carga de bateria deve ficar entre 430 km e 500 km. Os engenheiros da Porsche já afirmaram que o recarregamento do Taycan demorará cerca de 20 minutos, mas somente em tomada de alto desempenho.

No Brasil, a Porsche acaba de apresentar a nova geração do 911, seu modelo-símbolo. Leia também reportagem em que colocamos na lama um Porsche Cayenne Turbo que custa R$ 1 milhão.