Image

Segredo: Fiat Toro reestilizada chega em 2020 com motor 1.3 turbo flex de 180 cv

12

mar
2019

Lançados na Europa em 2018, os motores turbo de 1.0 e 1.3 litro da família Firefly da FCA estrearão no Brasil em 2020 adaptados para o uso com gasolina e etanol. Segundo o jornalista Leonardo Felix, da revista Quatro Rodas, a picape Fiat Toro ganhará o propulsor maior na atualização prevista para junho do ano que vem.

Chamado internamente de T4 (por ser turbinado e ter quatro cilindros), o motor terá calibração parecida com a disponível na Europa, entregando cerca de 180 cv de potência e 27,5 kgfm de torque. Por aqui, ele substituirá de uma vez os atuais 1.8 e.TorQ de 139 cv e 2.4 Tigershark de 186 cv, ambos aspirados.

Além do novo motor, a Toro passará também pela sua primeira reestilização. Os retoques deverão ser inspirados no conceito Fastback, mostrado na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo.

A projeção do designer Kleber Silva dá uma ideia de como será o SUV cupê Fiat Fastback

Em 2021, finalmente, será lançado o SUV cupê baseado no conceito Fastback. O modelo será equipado com o mesmo motor Firefly 1.3 turbo flex da Toro.

As motorizações Firefly turbo serão estendidas aos Jeep fabricados em Goiana (PE) em 2020. O Compass contará com o 1.3 turbo no lugar do 2.0 Tigershark de 166 cv. Uma reestilização do modelo está prevista para este ano.

Já o Renegade deverá receber o 1.0 turbo de três cilindros (T3), calibrado para beber etanol e possivelmente com um ganho de potência em relação aos 120 cv da versão europeia.

O Firefly 1.0 turbo também será oferecido, a partir de 2021, na dupla Fiat Argo/Cronos, além do SUV compacto derivado de sua plataforma.

Projeções: Kleber Silva