Image

Volkswagen abre pré-venda do T-Cross; preços começam em R$ 84.990

19

fev
2019

A Volkswagen aproveita as comemorações dos 20 anos da fábrica de São José dos Pinhais (PR) para realizar a pré-venda do SUV compacto T-Cross, produzido na unidade paranaense e que chega às concessionárias em abril em três versões. Um lote de apenas 800 carros das configurações intermediária Comfortline (parte de R$ 99.990) e da topo de linha Highline (R$ 109.990) será comercializado somente durante esta terça-feira (19) no site criado especialmente para a ação. A configuração de entrada, 200 TSI (parte de R$ 84.990 na versão manual e R$ 94.990 na automática) não está disponível para venda neste momento.

Aqueles que fizerem a reserva da versão Comfortline no site oficial da Volkswagen por meio de um sinal de R$ 5 mil, ganharão um cooler, enquanto os compradores da Highline receberão o cooler e também uma bicicleta dobrável que cabe no porta-malas do SUV.

Entre os 400 T-Cross Highline da pré-venda há unidades da série especial de lançamento denominada First Edition baseada na versão topo de linha. Limitada em mil carros, nas opções de cores bronze Namibia, branco Puro e laranja Energetic, o pacote Firts Edition (R$ 7.500) adiciona teto pintado na cor preta, rodas de 17 polegadas com acabamento diamantado, painel digital Active Info Display, central multimídia Discover Media com tela de 8″ e sistema de som Beats. Os opcionais disponíveis para a edição limitada são o teto solar panorâmico (R$ 4.800) e o pacote Tech (R$ 4.200), que acrescenta faróis full-LED e sistema de estacionamento automático Park Assist 3.0.

Construído a partir da plataforma MQB-A0, o T-Cross possui a mesma distância entre-eixos do sedã Virtus (2,65 m). O SUV mede 4,20 metros de comprimento e 1,56 m de altura e 1,76 m de largura. A capacidade do porta-malas varia entre 373 litros e 420 litros, quando o banco traseiro está totalmente deslizado para frente – se aproximando dos 431 litros do Hyundai Creta e 437 litros do Honda HR-V.

Equipado apenas com tração dianteira, o T-Cross será vendido no Brasil com as motorizações turbo flex 1.0 TSI de três cilindros de 116 cv/128 cv de potência (gasolina/etanol) e 20,4 kgfm de torque e 1.4 TSI de quatro cilindros, que rende 150 cv e 25,5 kgfm – esta última é exclusiva da versão Highline 250 TSI. O propulsor menor terá a opção de câmbio manual de seis marchas, enquanto a caixa automática Tiptronic de seis velocidades será comum para toda a linha.

Na versão topo de linha equipada com o propulsor 1.4 TSI há ainda com um seletor de modos de condução (Normal, Econômico, Individual e Esportivo).

De acordo com a VW, o T-Cross Highline 250 TSI é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos e atingir velocidade máxima de 198 km/h, abastecido com gasolina ou etanol.

No quesito segurança, todas as versões do SUV compacto serão equipadas de série com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controles eletrônicos de estabilidade e tração, freios a disco nas quatro rodas, frenagem pós-colisão e assistente de partida em rampa.

Ainda falando em itens de série, o SUV sairá de fábrica com saídas de ar-condicionado para o banco traseiro, central multimídia e quatro saídas USB (duas dianteiras e duas traseiras).

A versão topo de linha herdará do novo Jetta as luzes internas configuráveis, painel de instrumentos digital Active Info Display, central multimídia com tela de 8 polegadas e faróis de full-LED. Entre os opcionais haverá teto solar panorâmico, ar-condicionado digital, sistema de estacionamento automático (Park Assist 3.0), chave presencial, rodas de 17 polegadas e sistema de som premium Beats de 300W de potência com amplificador e subwoofer.

Confira abaixo os preços e principais equipamentos de série das versões:

T-Cross 200 TSI (R$ 84.990): traz de série a motorização 1.0 TSI e câmbio manual de seis marchas, seis airbags, ar-condicionado, assistente de partida em rampas, banco do motorista com ajuste de altura, bancos de tecido, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, direção elétrica, computador de bordo, controle de estabilidade e tração, bloqueio eletrônico do diferencial, desembaçador e limpador traseiro, espelhos laterais com ajuste elétrico e setas integradas, faróis de neblina com cornering light, sistema Isofix, lanternas traseiras em LED, iluminação diurna em LED, rodas de liga leve de 16 polegadas com pneus 205/60 de baixa resistência a rolagem, rack de teto, sensor crepuscular, sensor de estacionamento traseiro, alarme anti-furto com comando remoto, sistema de som Media Plus com conexão Bluetooth e entrada USB, suporte para smartphone com entrada USB, vidros elétricos com função one-touch e volante multifuncional. Opcionais: Pacote Interactive I (R$ 1.750, vem com central Composition Touch com tela de 6,5″, câmera de ré, dois alto-falantes extras e sensores dianteiros de estacionamento).

– T-Cross 200 TSI automático (R$ 94.490): adiciona transmissão automática Tiptronic de seis marchas, piloto automático e central multimídia Composition Touch com tela de 6,5 polegadas. Opcionais: Pacote Interactive I (R$ 1.750); Pacote Interactive II (R$ 1.590, adiciona câmera de ré, sensores dianteiros de estacionamento e retrovisores externos eletricamente rebatíveis).

– T-Cross Comfortline 200 TSI automático (R$ 99.990): em relação à configuração anterior, ganha ar-condicionado digital, banco do motorista com ajuste da lombar, câmera de ré, rodas de liga leve de 17 polegadas e pneus 205/55, porta-malas com sistema de ajuste variável de espaço, sistema de frenagem automática pós-colisão, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, e volante multifuncional revestido em couro com borboletas para trocas manuais de marchas. Opcionais: Pacote Exclusive and Interative (R$ 3.950, central Discover Media, luzes internas ambientes, seletor de modos de condução, retrovisores com rebatimento elétrico, chave presencial e quatro tapetes adicionais); Pacote Design View (R$ 1.950, faixas internas bicolores e bancos de couro); Sky View II (teto solar elétrico, retrovisor interno eletrocrômico e limpador de para-brisas com temporizador); Pacote Premium (R$ 6.050, sistema de som premium Beats, Park Assist 3.0).

-T-Cross Highline 250 TSI automático (R$ 109.990): soma à lista anterior a motorização 1.4 TSI, iluminação ambiente em LED, sistema start-stop, bancos revestidos em couro e detector de fadiga do motorista. Opcionais: Pacote Innovation (por R$ 4 mil extras adiciona painel digital Active Info Display, central multimídia Discover Media com tela de 8″, seletor de modos de condução); Pacote Tech and Beats (R$ 6.050, sistema de som premium Beats, Park Assist 3.0) e teto solar (R$ 4.800).

O Carsale participa do teste-drive do Volkswagen T-Cross nesta terça-feira (19), e publicará as impressões e outras informações oportunamente.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.