Image

Veterano Hyundai Tucson sai de linha no Brasil para dar lugar a SUVs da CAOA Chery

14

dez
2018

Um dos modelos mais longevos do mercado brasileiro, a primeira geração do Hyundai Tucson saiu definitivamente de linha para dar lugar aos novos Chery Tiggo 5x e Tiggo 7 na linha de produção da fábrica da CAOA Montadora em Anápolis (GO), onde era feito desde 2010. As unidades importadas da Coreia do Sul chegaram a partir de 2005.

O Tucson já era raro de ser encontrado nas concessionárias CAOA Hyundai desde o começo de 2017, mas a fabricante dizia que o veterano SUV ainda era feito sob encomenda. Segundo o jornalista Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, as últimas unidades do modelo foram montadas há alguns dias com peças remanescentes após a produção ficar paralisada durante meses.

Com isso, o Brasil deixa de ser o único país no mundo a produzir as três gerações do Tucson, uma vez que na fábrica de Anápolis ainda são montados o ix35 e o New Tucson. No local também são feitos os caminhões HR e HD da Hyundai.

O Tucson fez sucesso no mercado brasileiro, mas perdeu apelo nos últimos anos com a chegada de concorrentes mais modernos. Ainda assim, ele vendeu quase 4.700 unidades entre janeiro e novembro deste ano.

Mesmo com o fim de sua produção, a CAOA Hyundai ainda o anuncia em seu site a partir de R$ 74.990, oferecendo de série os obrigatórios airbags frontais e freios com ABS (a disco nas quatro rodas), além de central multimídia com GPS e câmera de ré, ar-condicionado eletrônico, rodas de liga leve de 16 polegadas, entre outros itens.

A motorização é a conhecida 2.0 16V flex, que entrega 142/146 cv de potência e 19/19,6 kgfm de torque (gasolina/etanol), combinada ao câmbio automático de quatro marchas.

Fotos: Divulgação