A Volkswagen já disponibiliza no configurador de veículos de seu site a versão de entrada do novo Jetta. Com preço inicial de R$ 99.990, o modelo identificado apenas como 250 TSI é equipado com a mesma motorização das configurações Comfortline (R$ 109.990) e R-Line (R$ 119.990).

+ Primeiras impressões: novo Volkswagen Jetta

O Jetta 250 TSI perde alguns equipamentos de série em relação à versão intermediária Comfortline 250 TSI, trazendo o pacote básico Trendline Brasil. Nesta configuração, o sedã perde o revestimento de couro dos bancos e volante, a chave presencial com botão de partida no painel, o seletor de modos de condução, os faróis de neblina, o espelho interno antiofuscante, a iluminação dos pés do motorista, a câmera de ré e o apoio de braço central do banco traseiro. O sistema de som conta com apenas quatro alto-falantes (dois a menos) e as rodas de liga leve de 17 polegadas “Polanko” dão lugar ao conjunto modelo “Sakado” de 16”.

Ainda assim, o Jetta de entrada mantém os sete airbags, o freio de estacionamento elétrico, o volante multifuncional, o ar-condicionado digital, o sensor de chuva e a central multimídia Composition Media com tela de oito polegadas e espelhamento de smartphones Android e Apple.

Sob o capô não há alterações no motor 1.4 turbo flex, que entrega 150 cv de potência a 5.000 rpm e 25,5 kgfm de torque entre 1.400 e 3.500 rpm, e nem na transmissão automática Tiptronic de seis velocidades.

Segundo os dados de fábrica, o sedã acelera de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e atinge a velocidade máxima de 210 km/h.

REVISÕES
O novo Volkswagen Jetta tem garantia de três anos e revisões programadas anualmente ou a cada 10.000 km. Segundo a Volkswagen, as três primeiras manutenções (10.000 km, 20.000 km e 30.000 km) são gratuitas, representando ao cliente uma economia média de R$ 1.383. A marca diz ainda que o plano de revisões até os 60.000 km custa R$ 2.204 – cerca de 40% abaixo do custo médio (R$ 3.665) do segmento.

Fotos: Divulgação