A Volkswagen deixará de desenvolver motores a combustão a partir de 2026 para entrar de vez na era da eletrificação. De acordo com a agência de notícias Bloomberg, a empresa alemã pretende investir em veículos elétricos para reduzir os impactos ambientais provocados pelas emissões de dióxido de carbono.

Até que essa mudança aconteça, a Volkswagen ainda desenvolverá uma última geração de motores a gasolina e a diesel. O chefe de estratégia da marca, Michael Jost, disse que “2026 será o último ano de produção de um novo motor a combustão”, explicando que a gama de veículos Volkswagen será totalmente elétrica somente em 2040. Modelos emblemáticos, como o Golf, poderão ser 100% eletrificados antes desse prazo.

Essa estratégia está mais direcionada à Europa, uma vez que as leis antipoluição e de restrição a circulação de veículos em centros urbanos vêm ficando cada vez mais rígidas. Para cumprir as metas do acordo climático de Paris, a Volkswagen alterou seus planos de desenvolvimento para cortar drasticamente os níveis de emissões no futuro.

Em 2019, a Volkswagen apresentará a versão de produção do conceito ID, que dará origem ao compacto elétrico ID Neo. A família ID ainda terá, nos próximos anos, o crossover ID Crozz e a van com visual inspirado na Kombi ID Buzz.

Fotos: Divulgação