Após anunciar na última semana que planeja ter uma nova fábrica nos Estados Unidos, a Volkswagen iniciou uma conversa com a Ford que poderá resultar em uma aliança entre as marcas no país. Nessa parceria, a fabricante alemã cogita utilizar fábricas da Ford para a produção de seus carros.

“Estamos em negociações bastante avançadas e dialogamos com a Ford Corporation para construir uma aliança automotiva global, que também fortaleceria Indústria automotiva americana”, declarou o CEO da Volkswagen, Herbert Diess. Já o presidente executivo da Ford, Bill Ford Jr, disse que prefere não comentar muito a respeito da parceria até que algo definitivo seja concluído.

Especula-se que a aliança da VW com a Ford seja focada em veículos comerciais construídos em plataformas compartilhadas. Até o momento, detalhes sobre os modelos não foram revelados.

Há menos de uma semana, o recém-nomeado CEO do Volkswagen Group of America, Scott Keogh declarou durante entrevista no Salão do Automóvel de Los Angeles, que a marca alemã pretende lançar um carro elétrico nos EUA em 2020 com preço estimado entre US$ 30 mil e US$ 40 mil (entre R$ 112 mil e R$ 150 mil, em uma conversão simples). 

Sendo assim, as possibilidades ficam em aberto para que a VW eleja um local para construir uma nova fábrica voltada aos modelos elétricos, amplie a planta já existente no Tennessee (onde o Passat e o Atlas são feitos) ou inicie uma aliança para usar as unidades de produção da Ford em território norte-americano.

Imagens: Divulgação