Descontinuado no Brasil em 1996 para dar lugar ao Vectra, o Chevrolet Monza está de volta como uma versão rebatizada do Buick Excelle para o mercado chinês. O sedã será apresentado oficialmente nos próximos dias no Salão de Guangzhou, mas já teve algumas imagens reveladas na internet pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da China.

Apesar da aparência de sedã compacto, o Monza será uma espécie de Cobalt para os chineses. Medindo 4,63 metros de comprimento, 1,79 m de largura e 2,64 m de distância entre-eixos, ele ficará posicionado entre o Cavalier e o Cruze, com o qual compartilha a plataforma. Para efeito de comparação, o Cruze possui 4,66 m de comprimento por 1,80 m de largura e 2,70 m de entre-eixos.

Com essas proporções, é possível que o Monza sirva de base para a nova geração do Cobalt, prevista para estrear no Brasil nos próximos dois ou três anos, pouco depois do lançamento da nova família Onix/Prisma.

As fotos indicam ainda que o sedã terá uma versão de visual esportivo, chamada RS. A configuração conta com rodas de liga leve de 16 polegadas e para-choques com desenhos exclusivos.

Na China, o Monza será vendido com a motorização de três cilindros 1.0 turbo a gasolina de 115 cv de potência, cujo consumo declarado em ciclo misto é de 19,6 km/l. Já as versões mais caras serão equipadas com o 1.3 turbo de quatro cilindros de 156 cv e consumo médio de 17,3 km/l.

Detalhes do interior, equipamentos e transmissões não foram revelados.

Fotos: Ministério da Indústria e Tecnologia da China e Autohome