Apesar da ascensão dos SUVs e carros elétricos nos últimos anos, as picapes ainda chamam a atenção nos eventos automotivos pelo mundo e no Salão do Automóvel de São Paulo não é diferente. Enquanto algumas marcas aproveitaram o evento para apresentar suas novidades, outras preferiram mostrar conceitos ou versões de modelos já existentes. Veja abaixo as picapes mais interessantes do evento:

Volkswagen Tarok

Possivelmente o grande destaque do salão, a futura picape compacta-média da marca alemã foi revelada mundialmente ainda em fase de conceito. A Tarok deve estrear até 2020 para competir com a bem-sucedida Fiat Toro. O modelo exposto é equipado com o motor 1.4 TSI de 150 cv de potência, câmbio automático e tração integral. Uma solução que deverá ser estendida à versão de produção é o painel traseiro rebatível, que permite ampliar o espaço da caçamba para transportar objetos maiores.

Volkswagen Amarok V6 Concept

Outro conceito de picape da Volks, o modelo é baseado na Amarok V6 com um visual bastante modificado para o uso no fora-de-estrada. Pneus todo-terreno, snorkel, racks de teto e capota marítima com abertura elétrica são alguns dos itens adicionados ao modelo.

Ford F-150 Raptor

A versão extrema da picape mais vendida do mundo está no salão apenas para despertar o desejo do público brasileiro. Sem previsão de ser comercializada oficialmente por aqui, a F-150 Raptor é a picape mais potente já produzida pela Ford. Além das configurações exclusivas de suspensão e tração, a Raptor é equipada com o motor EcoBoost 3.5 V6 biturbo a gasolina de 450 cv de potência e o câmbio automático de 10 marchas do Mustang.

Ford Ranger Storm

Criada como conceito de design inspirado na F-150 Raptor, a Ranger Storm destaca a vocação fora-de-estrada com detalhes estéticos exclusivos. A carroceria pintada na cor vermelho Toscana ganhou molduras nas caixas de roda, para-choque redesenhado e grade frontal que leva o nome da versão. A Ranger Storm conta ainda com pneus todo-terreno, santantônio com trilhos integrados à caçamba e snorkel para a travessia de alagamentos.

Ford Ranger Black Edition

Outro conceito de design, a picape segue a tendência lançada por aqui com a Chevrolet S10 Midnight. A Ranger Black Edition traz detalhes estéticos exclusivos, como grade redesenhada e emblemas retrô, predominantemente na cor preta.

Fiat Toro Rescue

A Fiat aproveita o salão para destacar o sucesso da picape com um conceito inspirado em veículos de resgate. Para isso, a Toro recebeu suspensão elevada, pneus todo-terreno e acessórios da linha Mopar (central multimídia, estribos laterais, engate e reboque), suporte para escadas, santantônio com iluminação em LED e prancha para resgate em água.

RAM 1500

A nova geração da picape pode ser vista de perto na versão Limited, equipada com o motor 5.7 V8 Hemi a gasolina de 400 cv, câmbio automático de oito velocidades e tração 4×4. Sem chances de ser vendido no Brasil, o modelo mostra um pouco do que a marca pretende introduzir no mercado de picapes nos próximos anos: cabine espaçosa, acabamento refinado, nova central multimídia com tela de 12 polegadas, estribos laterais retráteis, faróis de LED, assistências de condução, entre outras tecnologias.

RAM 2500

A única picape de grande porte à venda oficialmente no Brasil foi personalizada pela oficina Apache Customz Trucks, que instalou diversos acessórios, como rodas de 20 polegadas calçadas em pneus todo-terreno de 37” e suspensão elevada em 10 centímetros.

Renault Alaskan

Outra picape cogitada para o Brasil, a Renault Alaskan foi trazida ao salão para testar a receptividade do público. Baseada na Nissan Frontier feita na Argentina, ela ainda não tem data de lançamento por aqui. O seu conjunto mecânico é o mesmo da “prima” japonesa: motor 2.3 turbodiesel de 190 cv, transmissão automática de sete velocidades e tração 4×4.

Mitsubishi L200 Sport R

A versão desenvolvida para provas de rali recebeu uma série de modificações para atender às normas da Federação Internacional de Automobilismo, como gaiola de proteção, bancos concha e redistribuição de peso. O motor 2.4 turbodiesel foi preparado para entregar 225 cv de potência e 51,2 kgfm de torque.

Toyota Hilux SRX GR-S

A picape média mais vendida do país estreia a versão desenvolvida no Brasil e Argentina com o apoio da Gazoo Racing. Baseada na configuração topo de linha SRX, a Hilux ganhou ajustes na suspensão para melhorar a dirigibilidade no fora-de-estrada. Limitado a 400 unidades, o modelo chega ao mercado no começo de 2019, mantendo o motor 2.8 turbodiesel de 177 cv, câmbio automático e tração 4×4.

Nissan Frontier Sentinel

O conceito criado pelo Estúdio de Design da Nissan no Brasil foi pensado para missões de resgate em diversos tipos de terreno. A picape possui uma série de equipamentos, caixa de ferramentas e baterias auxiliares acomodados na caçamba, além de rodas de 16 polegadas protegidas por uma cobertura especial e pneus todo-terreno. A pintura azul Trovão foi inspirada nas araras-azuis brasileiras.

Nissan Frontier Attack

Agora importada da Argentina, a nova geração da Frontier estreia a versãocom o chamativo visual de apelo aventureiro. Ela substitui a variante SE com preço sugerido de R$ 153.590, mantendo a motorização 2.3 turbodiesel de 190 cv de potência e 45,8 kgfm de torque, com câmbio automático de sete marchas e tração 4×4 com reduzida.

Fotos: Renan Rodrigues