Um dos destaques da Volkswagen na 30ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo, é o conceito Tarok, que antecipa mundialmente a picape de porte intermediário que a marca lançará até 2020, posicionada entre a Saveiro e a Amarok para competir com a Fiat Toro.

A Tarok foi desenvolvida a partir da plataforma modular MQB (a mesma dos modelos Golf, Passat, Tiguan). Ela mede 4,91 metros de comprimento (mesma medida da Toro) por 1,83 m de largura, 1,67 m de altura e 2,99 m de distância entre-eixos. Os balanços dianteiro e traseiro têm 91,4 centímetros na dianteira e 1,01 m na traseira, respectivamente.

Já a caçamba possui 1,09 m de largura entre as caixas de rodas, 1,20 m de comprimento e 60 centímetros de altura. A capacidade atinge os 2,77 m de comprimento com o rebatimento do painel traseiro da cabine e dos encostos dos bancos traseiros.

O conceito é equipado com o motor 1.4 TSI flex, que gera 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque com etanol e/ou gasolina. O propulsor é combinado ao câmbio automático de seis marchas e sistema de tração integral 4MOTION.

Posicionada atrás da alavanca do câmbio, o botão seletor giratório permite controlar as funções da tração e os quatro modos de condução (Rua, Neve, Offroad e Offroad Individual).

Fotos: Larissa Florencio e Divulgação