No universo automotivo, o termo “sleeper” (ou dorminhoco, traduzido do inglês para o português) refere-se a carros com aparência uma pacata que disfarça o desempenho acima do que o visual sugere. Ou seja, os sleepers são praticamente lobos em pele de cordeiro.

Essa expressão pode até servir para classificar o Volkswagen Golf GTI de quarta geração que aparece no vídeo abaixo participando de provas de arrancada contra carros muito mais caros, como um Mercedes-Benz CLS63 AMG preparado com 920 cv de potência e até mesmo vencendo um Lamborghini Huracán, apesar de ter largado um pouco antes na prova de meia milha (cerca de 800 metros).

Mesmo assim não dá para menosprezar o potencial desse Golf. Para se ter uma ideia, o Lamborghini Huracán LP610-4 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e atingir a velocidade máxima de 325 km/h, graças ao motorzão V10 de 610 cv, câmbio de dupla embreagem e sistema de tração integral. Na cronometragem da prova, o Golf GTI levou pouco mais de 20 segundos para cruzar a linha de chegada a 279,93 km contra os 253,27 km/h atingidos pelo superesportivo italiano.

O segredo desse Golf GTI está na preparação feita pela oficina alemã Getcharged. O motor 1.8 turbo recebeu modificações que elevaram a potência dos 150 cv originais para mais de 750 cv. Para suportar o desempenho da usina de força, o hatch também teve os freios e as suspensões alterados.