Durante os 20 anos das comemorações da fábrica de Indaiatuba (SP), a Toyota anunciou que investirá R$ 1 bilhão na unidade para produzir a nova geração do sedã Corolla, recentemente apresentada na Europa nas variantes hatch e perua.

Segundo a marca japonesa, o montante será investido ao longo de 18 meses para aprimorar, atualizar e modernizar todos os processos na linha de montagem, bem como o treinamento de funcionários.

O novo Corolla será construído a partir da plataforma modular TNGA, a mesma do híbrido Prius e do SUV compacto CH-R. Com esse compartilhamento de estrutura e componentes, é possível que o Corolla ganhe versões com motorização híbrida.

Se seguir o visual do hatch apresentado na Europa, a décima segunda geração terá linhas agressivas com apelo mais esportivo, algo similar com o que aconteceu ao Civic.