O Kia Stinger GT começou a ser vendido no Brasil pelo preço promocional de R$ 349.990 na edição de lançamento “Launch Edition by Fittipaldi”, disponível em um lote de apenas 20 unidades. Após a promoção, o sedã passa custar R$ 399.990.

Rival de modelos como Audi A5 Sportback, BMW Série 4, Mercedes-Benz CLS e algumas versões do Porsche Panamera, o Stinger GT é equipado com um motor 3.3 V6 biturbo a gasolina, que entrega 370 cv de potência a 6.000 rpm e 52 kgfm de torque entre 1.300 e 4.500 rpm. Combinado a um câmbio automático de oito marchas, o propulsor leva o sedã aos 100 km/h em 4,9 segundos e aos 270 km/h de velocidade máxima.

O Stinger GT vendido no Brasil é dotado de sistema de tração integral com controle dinâmico de vetorização de torque, que adapta a entrega de força do motor de acordo com a necessidade e aderência do piso. O modelo conta com suspensões independentes McPherson na dianteira e multilink na traseira, além de freios Brembo de alto desempenho nas quatro rodas.

Entre os principais equipamentos de série estão os bancos dianteiros com aquecimento, central multimídia com tela tátil de 8 polegadas, head-up display, assistente de estacionamento automático, recarregador sem fio para celulares, sistema de áudio QuantumLogic, faróis de LED, sensor de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, entre outros.

Uma versão equipada com o motor 2.0 turbo de 258 cv de potência e 36 kgfm de torque (possivelmente com tração apenas traseira) chegará ao país futuramente.

Fotos: Divulgação