Image

Levanta e anda! Ford pode ressuscitar o esportivo GT em Detroit

16

dez
2014

[foogallery id=”25774″]
Um dos carros com design mais marcantes e memoráveis, o que o transformou em sucesso, é o Ford GT. Fabricado entre 2004 e 2006, o modelo pode ser ressuscitado em breve. Ao menos é o que o afirma o site CarScoops, mencionando a possibilidade de a Ford aproveitar o Salão de Detroit, em janeiro, para lançar uma série limitada de 1.200 unidades.

O antecessor dessa série também foi limitado, mas foram fabricadas 4.000 unidades, equipadas com o motor V8 sobrealimentado de 5.4 litros. De acordo com a publicação, o carro traria sob o capô um motor V6 EcoBoost com mais de 600 cv.

É natural esperar por um carro esportivo americano com no mínimo um motor V8, porém esta seria a forma da marca promover o motor V6 EcoBoost. Vale destacar que esta não é a primeira vez que isso acontece, já que o próprio Mustang 2015 conta com motor de baixa cilindrada (2.3 litros EcoBoost) na versão de entrada e um bloco V6 na intermediária — só o topo de linha GT utiliza o V8. A fabricante norte-americana não se manifestou oficialmente até o momento sobre a volta do esportivo Ford GT.

Vale lembrar que o antecessor foi criado para homenagear o Ford GT40, que se tornou famoso por vencer as 24 Horas de Le Mans de 1966, desbancando o reinado da Ferrari. Em alguns fóruns já surgiram até projeções de como pode ser o carro. Confira:

[foogallery id=”25782″]

Sobre o autor

Jornalista e palmeirense, Renan Rodrigues de Oliveira, em alusão ao colega de profissão Nelson, prefere usar o primeiro sobrenome. Versátil, Renan fotografa, filma, ilustra, edita vídeo e áudio e se arrisca nas redes sociais. Acompanha em cima os lançamentos do mundo automotivo, prefere os compactos com vocação esportiva, mas pilota até carrinho de mão, se necessário.