Entre os principais objetivos dos jovens prestes a completar 18 anos de idade é tirar a tão desejada carteira de habilitação e, em seguida, realizar o sonho da compra do primeiro carro. No entanto, o orçamento apertado da maioria das pessoas e o alto preço dos modelos novos dificultam a aquisição do primeiro “pois é” – tirando algumas promoções, é praticamente impossível desembolsar menos de R$ 30 mil por um carro zero quilômetro.

Para ajudar na escolha do primeiro carro, compilamos uma lista com 10 carros fáceis de manter e com preço máximo de compra de R$ 10 mil; confira abaixo:

Chevrolet Celta (de 2000 e 2004)

Com desenho mais moderno que os rivais da época, o Celta logo fez sucesso quando foi apresentado em 1999. Por ser um modelo que ficou mais de 15 anos produção, as suas peças de reposição são encontradas em abundância e não têm preços elevados. Sendo assim, componentes mecânicos e de acabamento são facilmente reparados. Embora seja econômico e com desempenho bastante esperto (especialmente os equipados com as motorizações 1.0 VHC e 1.4), o Celta peca pelo acabamento simples e pela lista de itens de série bastante modesta. Neste caso, a oferta será por modelos entre os anos 2000 e 2004.

Fiat Uno (até 2003)

O Uno – o primeiro modelo, lançado em 1984 – é um bom carro para o uso diário de quem não pode arcar com as despesas de um modelo mais completo. Robusto, econômico, espaçoso para o seu porte e de baixa manutenção, o compacto possui uma série de versões de duas e quatro portas, equipadas com motores de 1.0 a 1.6 litro (incluindo a rara e esportiva com propulsor 1.4 turbo). No entanto, o comprador tem de ficar atento ao preço do seguro, dependendo do perfil e do local onde mora, pois o Uno é um carrinho visado por ladrões por compartilhar peças com diversos modelos da Fiat. É possível encontrar modelos até 2003 por este preço.

Fiat Palio (até 2002)

Assim como o Uno, fazer a manutenção correta e encontrar peças não são problemas para o Palio, pois a primeira geração (lançada em 1996) ainda é produzida como Palio Fire 1.0. O modelo também tem boa aceitação no mercado de usados e, a exemplo do Uno, tem como principal ponto fraco o fato de ser um dos modelos preferidos dos ladrões. Portanto, é bom consultar os valores das apólices de seguro antes de fechar negócio. Modelos até 2002 contemplam nosso orçamento.

Fiat Siena (até 2002)

Para quem precisa de um porta-malas espaçoso, o Fiat Siena certamente é uma opção a ser considerada, oferecendo bons 500 litros. Como o Palio, o sedã possui peças de reposição em abundância no mercado. O preço do seguro (dependendo do perfil do dono) também pode ser um fator desfavorável na hora da compra.  É possível encontrar modelos até 2002.

Fiat Palio Weekend (até 2000)

Outro modelo que continua em linha, apesar do design modificado ao longos de duas décadas. A vantagem em relação aos concorrentes é o bom porta-malas de 460 litros. Embora seja derivada de um compacto, a perua não faz feio na hora de levar quatro adultos. É importante ficar atento ao estado de conservação e à manutenção dos modelos mais antigos, equipados com o motor 1.6 de 16 válvulas, que tem mecânica mais delicada e, consequentemente, mais cara de ser reparada. Versões até 2000 podem ser encontradas abaixo de R$ 10 mil.

Ford Ka (até 2002)

O primeiro Ka, lançado em 1997, era bem diferente do atual. O visual controverso ainda divide opiniões, mas não foi o suficiente para abalar a boa reputação do carrinho. Econômico e bom de guiar, o Ka pode ser encontrado até 2002, todos equipados com motores 1.0 (as versões 1.6 costumam ser mais caras). As unidades fabricadas até 1999 são equipadas com o motor Endura, mais fraco que o elogiado Zetec Rocam, que oferece melhor desempenho.

Peugeot 206 (até 2004)

Porém, se você está pensando em um primeiro carro um pouco mais equipado, com acabamento mais caprichado e visual que agrada até os dias atuais, o Peugeot 206 é uma boa opção. Itens como ar-condicionado e direção hidráulica fazem parte em quase todas as do compacto. Além disso, é possível encontrar versões com motores 1.6 de desempenho superior. Fique atento ao sistema de suspensões, considerado o grande calcanhar de Aquiles do modelo. O 206 pode ser encontrado entre 2000 e 2004

Volkswagen Gol (até 2001)

O Gol já foi unanimidade no mercado brasileiro por quase 30 anos, mas ainda é uma das primeiras opções consideradas por quem pensa em comprar o primeiro carro.tem para escolher. Há ofertas desde a primeira geração (quadrada) até a terceira. Se a ideia é comprar um carro para uso diário, o ideal é pesquisar a partir da segunda geração (bolinha), cujos motores são dotados de injeção eletrônica de combustível. É possível encontrar versões com propulsores de 1.0, 1.6 ou 1.8 litro. Vale lembrar que o preço do seguro do Gol pode ser inviável a quem pensa ou precisar economizar dinheiro.

Volkswagen Parati (até 1999)

A Parati fez sucesso nas décadas de 1980 e 1990. Produzida até 2012, o modelo oferece fácil manutenção por compartilhar diversos componentes com o Gol. Na faixa dos R$ 10 mil é possível encontrar os modelos fabricados até 1999. Um dos pontos fracos da perua, no entanto, é o valor do seguro, que chega a ser proibitivo em algumas regiões do Brasil.

Volkswagen Fusca

O Fusca não poderia faltar. Apesar de ser um carro antigo, se estiver bem cuidado, pode ser usado diariamente com poucas restrições. Peças são fáceis de encontrar e a mecânica é simples de ser reparada. Além disso, o besouro é bastante charmoso. Os mais antigos e conservados são quase impossíveis de encontrar com preço abaixo de R$ 10 mil, mas com um pouco de paciência é possível achar modelos em boas condições nessa faixa de preço. Embora seja antigo e tenha saído de linha há bastante tempo, o Fusca é um carro visado por ladrões e é praticamente impossível ser aceito pelas seguradoras.

Fotos: Divulgação