A Lamborghini anunciou que pretende dobrar suas vendas com a chegada do SUV Urus. O modelo chegará ao mercado em 2018, mas seus efeitos serão sentidos apenas em 2019, quando a marca espera chegar a 7 mil veículos vendidos. Em 2015 foram 3.245 carros vendidos. Segundo o site Motor 1, o preço deverá ficar na casa dos US$ 200 mil ou R$ 645 mil em conversão simples.

Além disso, os pontos de vendas serão ampliados dos atuais 132 para 160 lojas, facilitando o plano de vendas. Sabe-se também que o modelo será ofertado nos principais países, como China, Alemanha, Rússia, Estados Unidos e Oriente Médio.

Segundo o CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann, a inclusão de um terceiro modelo aponta o crescimento sustentável e estável da empresa, além do início de uma nova era. O Grupo Volkswagen investirá “centenas de milhões de euros” em uma nova linha de montagem e expansão do Centro de Desenvolvimento e Pesquisa, o que deverá gerar cerca de 500 novos empregos.

A plataforma do carro é a mesma utilizada pelos modelos Audi Q7 e Porsche Cayenne, mas a motorização ainda é um mistério. Porém, segundo rumores, o SUV da Lamborghini poderá contar com duas opções de motores: o V8 biturbo de 4.0 litros de 560 cv, que equipa a perua Audi RS6 e o sedã RS7, ajustado para entregar 680 cv graças ao auxilio de um sistema híbrido, além de uma versão dotada do bloco de 5.0 litros V10 naturalmente aspirado, presente nos superesportivos Huracan e Audi R8. Uma versão híbrida não está descartada.

Fotos: Divulgação e Motor1