A Chevrolet apresenta nesta sexta-feira (5) a inédita versão Joy para Onix e Prisma. Apesar da nova nomenclatura, os modelos não receberam a recente reestilização da dupla. O Onix Joy parte de R$ 38.990, enquanto o Prisma Joy R$ 42.990.

A variante Joy será fabricada em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, enquanto as demais versões continuam sendo produzidas em Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Além do visual antigo, a variante Joy conta apenas com o motor 1.0 de 80 cv quando abastecido com etanol. O câmbio é manual de seis marchas e a direção elétrica, ambos novidade de toda a linha. Freios, suspensões, sistema de gerenciamento de energia e sistema de arrefecimento foram revistos.

As novidades no bloco do motor, como redução de massa e novo óleo lubrificante, também estão disponíveis nas versões Joy. De acordo com a Chevrolet, com as modificações mecânicas, o Onix está 14% mais econômico e o Prisma gasta até 16% menos de combustível. Além disso, o Onix ficou 31 kg mais leve, enquanto o Prisma perdeu 25 kg.

A dupla traz de série ar-condicionado, direção elétrica e vidros elétricos. O sistema OnStar também está disponível, no entanto apenas no pacote Safe, que engloba funções de segurança, como localizador e bloqueador do veículo, alerta de movimento e diagnóstico geral do carro. Itens como roda de liga leve, central multimídia e travas elétricas são opcionais.

O que muda

A dupla ganhou o novo câmbio manual de seis velocidades da Chevrolet, presente também na dupla reestilizada. Com isso, os modelos se tornaram mais econômicos e melhores de guiar, já que essa transmissão é mais precisa que a anterior.

A suspensão também foi revista e rebaixada em 10 mm, sendo assim, o Onix ficou um pouco menos confortável, porém mais estável em velocidades mais altas.

Por fim, o interior foi revisto, mas os materiais simples foram mantidos. A diferença fica pela textura no centro do painel, em uma tentativa de melhorar o visual. Porém, o destaque fica pelo pacote de itens de série, que mesmo se tratando de uma versão de entrada, conta com direção elétrica, ar-condicionado e vidros elétricos dianteiros.

 

Fotos: Divulgação / Renan Rodrigues